Notícias

334 mil toneladas de pneus velhos já foram recolhidas em 2014

Compartilhe:     |  16 de outubro de 2014

O descarte irregular de pneus inservíveis pode causar sérios riscos ao meio ambiente e à saúde pública. Por isso, é tão importante que os fabricantes e revendedores estejam atentos e cumpram as responsabilidades com a logística reversa daquilo que comercializam. Conforme informações da Reciclanip, entidade ligada à Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos, o órgão coletou 334 mil toneladas de pneus durante os nove primeiros meses de 2014.

A organização atua em todo o território nacional e o montante arrecadado seria o equivalente a 66,8 milhões de unidades de pneus de carros de passeio retirados das ruas e impedidos de serem descartados inadequadamente.

O sistema de logística reversa organizado pela Reciclanip conta com um sistema grande, mas que deve ser ainda maior. De acordo com Alberto Mayer, presidente da ANIP, são 834 pontos de coleta e 70 caminhões transitando diariamente. “A previsão de investimento para 2014 é de R$ 103 milhões, valor superior ao investido no ano passado”, explicou.

Mayer também lembra a importância dos incentivos fiscais para que os sistemas de logística reversa e reciclagem sejam mais eficientes. “Temos insistido com áreas de governo para que isente de impostos a operação de reciclagem, não só de nosso setor, como dos demais, mas ainda não tivemos sucesso neste pleito”, esclareceu o presidente da ANIP.

Os pneus inservíveis são aqueles que não possuem mais condições de uso para a circulação ou reforma. Após serem coletados, eles são transformados em novos produtos. Um dos destinos mais comuns é a reciclagem do pneu para a fabricação de asfalto, o que reduz a quantidade de petróleo usada na construção de estradas e ainda impede que os resíduos permaneçam no meio ambiente por anos.

 



Fonte: Redação CicloVivo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Leia Mais