Notícias

400 mil animais morrem em testes de intoxicação por botox anualmente

Compartilhe:     |  19 de outubro de 2018

400 mil animais são mortos em testes de intoxicação por botox todos os anos, de acordo com a Cruelty Free International.

O número chocante foi revelado em um artigo intitulado “Teste de toxina botulínica em animais ainda é uma questão de toda a Europa”. Apesar do progresso na experimentação sem crueldade, o número de animais usados e mortos em testes para botox ainda está em níveis recordes.

“Embora usada principalmente em cosméticos, a lei da UE não define o botox como um cosmético porque é injetado ao invés de aplicado na pele. Esta lacuna significa que milhares de ratos são usados e mortos nos testes de botox a cada ano”, disse um comunicado da Cruelty Free International.

De acordo com a organização, nos testes, camundongos são injetados com veneno antes de sufocarem lentamente até a morte por paralisia muscular, enquanto ainda estão totalmente conscientes.

“É completamente inaceitável que os animais sencientes sofram uma morte agonizante por um produto que é amplamente usado para fins cosméticos, especialmente quando uma alternativa não animal está disponível”, acrescentou a Dra. Katy Taylor, diretora de ciência e assuntos regulatórios da Cruelty Free International.

“Pedimos a todas as empresas de botox em toda a Europa que acabem com o sofrimento cruel e com a morte de milhares de animais, tornando esses testes bárbaros uma coisa do passado”.

A organização está pedindo uma revisão para saber se os testes feitos por empresas que não estão usando métodos alternativos devem ser permitidos pela legislação da UE.



Fonte: ANDA - Julia Cortezia



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais