Notícias

A partir de segunda todos podem se vacinar contra gripe

Compartilhe:     |  1 de junho de 2019

A campanha nacional de vacinação contra a gripe para grupos prioritários termina nesta sexta-feira, mas a partir da próxima segunda os demais interessados em se imunizarem contra o vírus poderão ir aos postos de saúde de todo o Brasil para tomar a vacina.

Até a última quarta, dia 29, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, cerca de 44,6 milhões de pessoas, ou 72,6% do público-alvo, foram imunizadas. O objetivo inicial era atingir uma cobertura de 90%.

A campanha teve início em 10 de abril, dando prioridade para crianças de 1 a 6 anos, grávidas e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). Na segunda fase, em 22 de abril, trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa, jovens sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade e profissionais das forças de segurança e salvamento também passaram a ser atendidos nos postos.

A partir do próximo dia 3 de junho, as vacinas restantes estarão disponíveis para o público em geral. Aqueles que fazem parte do público prioritário da campanha, obviamente, continuarão podendo ir aos postos.

Apenas AM e AP não estão abaixo da média e 144 mortes por influenza foram registradas em 2019

Rio de Janeiro é o estado com a menor cobertura até o momento, com apenas 57,6% de imunização entre o público-alvo. Os estados do Amazonas, com 94,4%, e do Amapá, com 94,7%, são os únicos que bateram a meta do ministério.

Em 2019, foram registrados, até o dia 11 de maio, 807 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza em todo o país, com 144 óbitos. Até o momento, o subtipo predominante no Brasil é o vírus influenza A (H1N1) pdm09, com registro de 407 casos e 86 mortes.



Fonte: Extra



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Entenda a Gravidez Psicológica em Cadelas!

Leia Mais