Notícias

A rocha mais antiga da Terra foi encontrada na Lua: entenda

Compartilhe:     |  28 de janeiro de 2019

que pode ser a rocha mais antiga da Terra foi encontrada bem longe daqui. Cientistas descobriram a relíquia em uma amostra coletada na Lua, por astronautas da Apollo 14 há quase 50 anos — e isso pode ajudar a desvendar os mistérios da história do nosso planeta. A pesquisa foi publicada na revista Earth and Planetary Science Letters.

Como esta rocha foi parar na Lua ainda não é uma certeza. A hipótese é que é a amostra foi enviada para fora da Terra graças a um impacto estrondoso, possivelmente de um asteroide ou de um cometa. O pedaço chegou a Lua e ficou por no local até ser encontrado por astronautas da Nasa cerca de 4 bilhões de anos depois.

Naquela época, a Lua estava muito mais próxima da Terra — cerca de três vezes mais perto. Uma vez que a rocha desembarcou na Lua, os eventos subsequentes do impacto a derreteram parcialmente e a enterraram abaixo da superfície por todo este período.

A rocha é feita de quartzo, zircão e feldspato, encontrados com facilidade na Terra, mas são raridades na Lua. Baseado em análises químicas, o fragmento de rocha provavelmente cristalizou em um ambiente oxidado semelhante à Terra e em temperaturas terrestres.

“É um achado extraordinário que ajuda a pintar uma imagem melhor do início da Terra e o bombardeio que modificou nosso planeta durante a aurora da vida”, diz o Dr. David Kring da USRA (Universities Space Research Association – Associação Universitária de Pesquisa Espacial).

Kring admite que a origem da rocha provavelmente será controversa. Embora essa linha de raciocínio seja atualmente a explicação mais simples, também é possível que a rocha tenha se cristalizado na Lua durante condições ainda não conhecidas e em uma grande profundidade.



Fonte: Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Medicamentos e remédios caseiros: o que fazer e o que não fazer?

Leia Mais