Notícias

AC participa pela 1ª vez de desafio internacional de documentação fotográfica da biodiversidade

Compartilhe:     |  29 de abril de 2019

Um grupo de biólogos de Rio Branco participa, desde a última sexta-feira (26), de um campeonato internacional de documentação fotográfica da biodiversidade. O desafio ocorre até esta segunda-feira (29), na Área de Proteção Ambiental do Amapá e na Universidade Federal do Acre (Ufac).

No Acre, são 74 pessoas envolvidas. O Desafio da Natureza Urbana acontece por meio do registro fotográfico de plantas, animais, fungos, entre outros seres vivos que são enviados para o aplicativo INaturalist Challenge.

A iniciativa procura difundir a ciência cidadã, integrando as pessoas com a natureza, compartilhando imagens através do aplicativo que já congrega cerca de 480 mil observadores de todo mundo e armazena quase 18 milhões de observações feitas no planeta.

“É uma iniciativa que aproxima o cidadão da ciência, o que a gente chama de ciência cidadã”, pontua o professor Marcos Silveira.

Esta é a primeira vez que o desafio acontece no Acre — Foto: Reprodução Rede Amazônica

Esta é a primeira vez que o desafio acontece no Acre — Foto: Reprodução Rede Amazônica

O desafio teve origem nos Estados Unidos (EUA) e se difundiu internacionalmente em 2018, quando o Brasil começou a participar. O Acre integra o desafio pela primeira vez, nesta edição de 2019.

Para o professor, esta é uma iniciativa que traz a consciência às pessoas sobre as riquezas da biodiversidade que está bem próxima de cada um.

“É importante para a sociedade estar cada vez mais consciente das riquezas que nós temos nessa parte do estado e também consciente das riquezas que nós temos no país. E isso é uma iniciativa que vem se intensificando cada vez mais”, conclui.

Biólogos do Acre participam de Desafio da Natureza Urbana

Biólogos do Acre participam de Desafio da Natureza Urbana



Fonte: Jornal do Acre



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Projeto de lei ‘Animal não é coisa’ é aprovado pelo Senado

Leia Mais