O uso medicinal do manjericão

26-05-2006
 {mosimage}O uso do manjericão é geralmente associado ao estômago e órgãos relacionados. Ele pode ser usado no caso de cólicas, vômitos, constipação, problemas gástricos, depressão e menopausa.

Como um anti-espasmódico, ele vem sendo usado para acabar com a tosse. O manjericão também é recomendado para tratar a dor de cabeça. Ele aumenta o apetite, tende à aumentar o leite nas mães, melhora a circulação sanguínea, ajuda na digestão, elimina dores causadas por gases e auxilia na indigestão.

{mosimage}O manjericão também trata a febre, resfriados, gripes e a sinusite. As folhas do manjericão são ótimas quando esfregadas sobre picadas de insetos.

O manjericão é uma erva muito conhecida que deve ser colhida antes de dar flores e é usada desde a antiguidade. No Egito antigo, o manjericão era utilizado como antídoto para picadas de cobras, escorpião e problemas com os olhos.

O suco fresco da planta era usado externamente no tratamento de infecções da pele causadas por fungos. As folhas amassadas eram aplicadas em locais doloridos em casos de reumatismo.

A infusão de manjericão era recomendada no tratamento dos nervos, dores de cabeça e desmaios. Os gregos usavam o manjericão tanto para preparar banhos aromáticos para fortalecer os nervos, quanto para adicionar um sabor especial aos vinhos e licores.

{mosimage}O manjericão repele insetos e se colocado dentro dos armários, acaba com os insetos indesejados. Beba uma xícara de infusão ao dia como prevenção, e adoce com mel no caso de tratamento da tosse.

Lembre-se que o óleo essencial de manjericão não deve ser utilizado durante a gravidez. O manjericão também é muito utilizado na cozinha, sendo um ótimo companheiro dos tomates.

Fonte: Espaço Ecológico - Beth Torres
26.05.2006