Notícias

Acordo entre PNUMA e MMA fortalece banco de dados sobre biodiversidade

Compartilhe:     |  5 de junho de 2014

O Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) vai participar do desenvolvimento do Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr). O acordo de cooperação assinado entre o Instituto e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) na tarde desta segunda-feira (02) prevê que todo o conjunto de dados do JBRJ – incluindo as informações originárias dos seus parceiros no Brasil e no exterior – esteja acessível no SiBBr, projeto do PNUMA com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Informação (MCTI).

O Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF) investirá 1,03 milhão de dólares para viabilizar o plano de trabalho. O dinheiro será gasto na compra de equipamentos e contratação de bolsistas para todos os herbários parceiros da iniciativa e também a realização de reuniões técnicas.

“Receber o apoio oficial do PNUMA e esse aporte financeiro, que é o maior que o programa já fez a uma instituição no País, é uma prova de confiança e reconhecimento da liderança que o Jardim Botânico vem tendo na pesquisa e nos instrumentos de disseminação do conhecimento sobre a biodiversidade brasileira”, declara Samyra Crespo, presidente do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

O MCTI investirá outros 316 mil dólares para complementar o número de bolsistas necessários para alcançar os resultados previstos. O orçamento do programa totalizará cerca de 1,35 milhão de dólares.

A parceria permitirá a execução do Projeto Flora Brasil 2020 e a ampliação do Herbário Virtual do JBRJ. Serão digitalizadas cerca de 670 mil amostras de herbários nacionais. Todo este conjunto de dados estará acessível pelo SiBBr.



Fonte: ((o))eco



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dia das crianças: não dê animal de presente!

Leia Mais