Notícias

Açúcar de coco é livre de aditivos e ajuda a prevenir o diabetes

Compartilhe:     |  1 de abril de 2015

Da cor da canela e com sabor que lembra cocada queimada, ele cai bem para adoçar o café e pode ir ao forno e ao fogão. Novidade no mercado natureba, o açúcar de coco vem se apresentando como opção mais saudável ao açúcar refinado. Além de ser livre de aditivos, o produto tem baixo índice glicêmico, ou seja, não provoca picos de glicose no sangue — em outras palavras, ajuda a prevenir o diabetes.

Produzido a partir da seiva das flores do coqueiro, o açúcar de coco é indicado para quem quer manter a saúde e para pacientes com resistência à insulina (pré-diabetes). Para diabéticos, o uso não é recomendado, já que a doença exige o consumo de adoçantes, cujo índice glicêmico é zero.

— Para quem não tem nenhum problema, o açúcar de coco é mais saudável do que o adoçante, porque não tem adição de substâncias químicas — diz a nutricionista Karine Lira, da Copra Alimentos.

O processamento natural ainda conserva o valor nutricional do produto, que contém ferro, potássio, magnésio, zinco e vitaminas B1, B2, B3 e B6.

Segundo o endocrinologista Alfredo Cury, do Spa Posse do Corpo, o açúcar de coco pode ajudar a melhorar as funções do fígado e a aumentar a disposição e a imunidade.

Farinha tem fibras e óleo, gordura boa

Além do açúcar, outros produtos derivados do coco fazem sucesso entre quem busca uma vida mais saudável. É o caso da farinha e do óleo extraídos do fruto. De acordo com a nutricionista Karine Lira, a farinha de coco é rica em fibras e, por isso, melhora o fluxo intestinal, alivia a prisão de ventre e ajuda a prevenir o câncer de cólon. Para pessoas com doença celíaca, é uma alternativa ao trigo.

O óleo de coco é fonte de triglicerídeos de cadeia média, tipo de gordura boa. Estudo feito na UFRJ com cardiopatas mostrou que a ingestão de uma colher de sopa do produto meia hora antes do almoço auxiliou na redução do colesterol ruim, no aumento do colesterol bom e na redução do peso.

Segundo Alfredo Cury, antes de consumir produtos naturais novos no mercado, é preciso checar com o médico se há alguma sensibilidade alimentar aos ingredientes.

Compare os índices glicêmicos

Açúcar refinado: 92

Mel: 83

Açúcar mascavo: 80

Açúcar cristal: 68

Açúcar de coco: 35



Fonte: Extra - Camilla Muniz



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

A ave com o canto mais alto do mundo é brasileira!

Leia Mais