Notícias

Alagoas aprova proposta de criação da Área de Proteção Ambiental da Serra da Caiçara

Compartilhe:     |  18 de maio de 2019

Na última terça-feira (14/05), o Conselho Estadual de Proteção Ambiental (Cepram) de Alagoas aprovou, por unanimidade, a proposição para a criação da Área de Proteção Ambiental da Serra da Caiçara (AL). Localizada na Caatinga alagoana, a unidade de conservação abrangerá 5 municípios: Maravilha, Ouro Branco, Poço das Trincheiras, Canapi e Santana do Ipanema.

De acordo com a equipe técnica do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA), a unidade de conservação tem como objetivo a proteção de áreas que detém sítios arqueológicos e paleontológicos descobertos na região e a proteção de remanescentes de vegetação nativa. A vegetação é refúgio para diversas espécies e áreas serranas vegetadas, detentoras de alta capacidade de retenção hídrica e vitais no fornecimento de água para a população da região.

De acordo com as pesquisas levantadas pela equipe técnica do IMA, a criação da unidade de conservação se justificativa, entre outras razões, pela necessidade de proteção de áreas que detém sítios arqueológicos e paleontológicos descobertos na região. Foto: Ascom/IMA

A Serra da Caiçara abrange uma área total de 89.904,32 hectares e tem aproximadamente 800 m de altura. Entretanto, a delimitação da área da unidade de conservação será bem maior, envolvendo terras dos 5 municípios alagoanos. A importância da proteção da serra é alta para a conservação da biodiversidade regional, devido à existência de áreas úmidas que caracterizam brejos de altitude e para o fornecimento de água para a cidade de Maravilha e propriedades próximas.

Aprovada a proposta, caberá ao Governador do Estado sancionar a criação da área de proteção ambiental.



Fonte: Wikiparques)) - Rafael Ferreira - Com informações da Agência Alagoas



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Projeto de lei ‘Animal não é coisa’ é aprovado pelo Senado

Leia Mais