Geografia Ambiental

América do Sul – Argentina

Compartilhe:     |  5 de julho de 2015

A Argentina (nome oficial: República Argentina) é um país da América do Sul, limitado a norte pela Bolívia e pelo Paraguai, a leste pelo Brasil, pelo Uruguai e pelo Oceano Atlântico, a sul pelo Estreito de Drake e a sul e a oeste pelo Chile. Sua capital é a cidade de Buenos Aires. O Estado argentino é uma república federal presidencialista.

É o país da América Latina com o maior PIB per capita (no critério PPC, no critério nominal é 5º, sendo o Brasil o primeiro. ver:Lista de países por PIB nominal per capita) e mais elevado IDH. É conhecida pelo governo do país como a Nación Argentina (do espanhol, Nação Argentina), para muitas propostas legais.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b0/Casa_Rosada_in_Buenos_Aires.jpg

Por sua extensão, a Argentina é o segundo maior país em tamanho da América do Sul depois do Brasil e o oitavo do mundo. Ocupa uma área de superfície continental de 2.766.890 km² (1.078.000 km²) entre a cordilheira dos Andes ao oeste e o Oceano Atlântico Sul a leste e sul.

Casa Rosada em Buenos AiresO país reivindica o territórios britânicos controlados das Ilhas Malvinas (inglês: Falkland Islands) e das Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul. Sob a denominação de Antártica Argentina, ela reivindica 96.464 km² da Antártica, abrangendo outras reivindicações feitas pelo Chile e pelo Reino Unido.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/5b/Buenos_Aires-Center-P3050007.JPG/523px-Buenos_Aires-Center-P3050007.JPG

Geografia

Sua superfície total legal é de 3 745 247 km², dos quais 2 780 400 km² correspondem ao continente americano e 964 847 km² ao continente antártico. No entanto, fontes argentinas oficiais e extra-oficiais continuam considerando como territórios as Malvinas e ilhas adjacentes, elevando a superfície total para 3 761 274 km².

A Argentina é o oitavo maior país do mundo e o quarto maior da América (depois de Canadá, Estados Unidos da América e Brasil).

Buenos Aires, capital da ArgentinaA Argentina pode ser dividida esquematicamente em três partes: as planícies férteis das Pampas na metade norte do país, que são o centro da riqueza agrícola da Argentina, o planalto da Patagónia na metade sul até à Terra do Fogo, por vezes plano, por vezes ondulado, e a escarpada cordilheira dos Andes ao longo da fronteira ocidental com o Chile, cujo ponto mais elevado é o monte Aconcágua, com 6 960 m de altura.

Os rios principais são o Paraguai, o Bermejo, o rio Colorado (Argentina)Colorado, o Uruguai e o maior de todos: o Paraná. Os dois últimos juntam-se antes de desaguar no oceano Atlântico, formando o estuário do Rio de la Plata. O clima argentino é em geral temperado, com os extremos a ir do subtropical a norte, ao árido/sub-antártico no extremo sul.

Regiões Geográficas

Praza del Congreso – Buenos AiresPampa: Cobre a região centro-oriental do país. É uma imensa planície de intensa exploração agropecuária. Clima temperado e úmido.

Mesopotamia: onde se localiza a selva subtropical e a bacia hidrográfica formada pelos rios Uruguai e Paraná. Clima subtropical.

Nordeste: compreende as terras do Chaco argentino, ricas em madeira. Clima cálido e úmido.

Noroeste: solo montanhoso rico em minerais. Clima cálido e desértico.

Cuyo: Região andina de montanhas férteis apropriadas à cultura da vinha, com abundantes fontes de águas minerais e termais. Clima temperado.

Patagônia: É um planalto localizado ao sul do país, cuja paisagem é dominada por lagos, bosques e geleiras. Clima frio e úmido.

Fronteiras e Pontos Extremos

Rosário

A área total de fronteiras é de 9376 km, que tocam cinco países vizinhos: Chile, Bolívia, Paraguai, Brasil e Uruguai. A maior fronteira é com o Chile (5150 km), ao longo de toda a Cordilheira dos Andes.

Ao norte limita com a Bolívia e o Paraguai, e o extremo setentrional está na confluência dos rios Grande (província de San Juan ) e rio Mojinere (província de Jujuy).

Ao sul limita com o Chile e o Oceano Atlântico, sendo que o extremo meridional é o Cabo San Pío, situado na Ilha Grande (província de Tierra del Fuego, Antártida e Islas del Atlántico Sur).

A leste limita com o Brasil, o Uruguai e o Oceano Atlântico. O ponto extremo oriental está localizado no nordeste do município de Bernardo de Irigoyen (província de Misiones).

BarilocheA oeste limita com o Chile. O ponto extremo ocidental está localizado entre o Cerro Agassis e o Cerro Bolados, no Parque Nacional Los Glaciares (província de Santa Cruz).

Clima

A maior parte do país está na zona temperada sul. Existe também em algumas regiões os climas tropicais e subtropicais, áridos e frios, combinados devido a grandes variações de altitudes entre outros

Economia

A Argentina é a segunda maior economia da América do Sul e juntamente com o Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela faz parte do Mercosul.

PIB

Dançarinos de TangoO PIB argentino sofreu um record em 1998, chegando 299 bilhões de dólares/pesos. A partir deste ano, ele passou a sofrer sucessivas quedas, chegando ao seu limite inferior em 2002. O seu PIB em 2005 alcançou 181 bilhões de dólares, deixando-a como o 37º país no ranking global, e o 3º na América Latina.

Para termos uma idéia de comparação o Brasil é o 10º maior PIB do mundo, e o país que vem logo atrás da Argentina no ranking é Hong Kong e o que vem logo depois é Portugal.

Os valores dos PIB atuais se referem a dados de 2005.

Principais produtos de exportação

Possuindo um dos solos mais férteis do mundo (Pampa), destaca-se na alta produtividade de grãos. Principalmente trigo,15 milhões de toneladas, a de milho, 19 milhões de toneladas e a de soja, 18 milhões de toneladas. Seguidos da produção de erva-mate, aveia, cevada, girassol, batata, algodão.

Pecuária

BarilocheA pecuária é de extrema importância para a economia argentina. A carne de vaca e a lã produzidas no país situam-se entre as melhores do mundo, cabendo menção às técnicas de refrigeração e processamento de carnes e seus subprodutos. A produção anual de carne é de aproximadamente 3 milhões de toneladas. O rebanho argentino conta com cerca de 49,5 milhões de bovinos e 13 milhões de ovinos. A produção anual de lã é estimada em 62 mil toneladas.

Pesca

A produção anual pesqueira argentina é de aproximadamente 1,2 milhão de toneladas, destacando-se a pesca de merluzas e lulas.

Demografia

Terra do FogoA população atual é de cerca de 38,6 milhões de habitantes. A Argentina é um dos poucos países latino-americanos onde pessoas de cor branca formam a maioria da população. Aproximadamente 85% dos argentinos são de origem européia. Os dois grupos étnicos majoritários no País são os espanhóis e os italianos. Há ainda, em menor número, grupos de ingleses, alemães, franceses, irlandeses e eslavos. Cerca de 14,5% dos argentinos são de origem mestiça e apenas 0,5% de indígenas. Há, ainda, uma pequena parcela de afro-Argentinos.

Para a composição étnica do povo argentino contribuiu primariamente três etnias: o indígena, o colono espanhol e imigrantes hispânicos e italianos. Indígenas e Mar del Plataespanhóis se miscigenaram em larga escala durante o período colonial. No final do século XIX o país começou a receber grandes levas de imigrantes europeus. Mais de 80% dos imigrantes era composto por espanhóis e italianos.

Mais recentemente vê-se o crescimento do número de imigrantes chilenos e bolivianos.

Fonte: Wikpédia



Fonte:



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais