Notícias

Animais estranhos que intrigaram banhistas na Austrália são iguaria cara na Espanha

Compartilhe:     |  14 de abril de 2021

Um grupo enorme de animais marinhos infestou uma praia no estado de Nova Gales do Sul, na Austrália e gerou furor nas redes sociais por sua aparência não muito comum. As criaturas foram descritas por um dos casais que as encontraram como “moluscos com pés grandes”.

Os animais foram vistos por um casal que passeava por uma das praias da costa sul australiana. Tratavam-se de centenas de “protuberâncias translucidas” que eram semelhantes a tentáculos, os bichinhos cobriam um cano de metal abandonado na areia.

“Eles definitivamente são caras individuais, mas não achamos que estivessem presos a uma planta e não havia nenhum sem uma concha na ponta”, escreveu um observador como comentário em uma das fotos dos animais nas redes sociais.

“Eles pareciam macios e fibrosos, como algum tipo de tecido e moviam-se independentemente da brisa”, disse um outro entusiasta.

Iguaria ibérica

As cracas andam em grupo e são consideradas como uma iguaria na Península Ibérica. Crédito: ShutterStock

Apesar das teorias serem deliciosas, a explicação para o que são os animais é um tanto mais “sem graça” que elas. Tratam-se de criaturas conhecidas como cracas pescoço de ganso e são até que comuns nas praias australianas após a ocorrência de ressacas marítimas.

Em outras localidades, esses bichinhos são conhecidos como percebes e são crustáceos que andam em grandes grupos e se agarram em pedras, píeres, cais, objetos flutuantes e até navios em busca de alimentos. Por fora, elas são bem duras e possuem uma espécie de casca, já por dentro, se assemelham a camarões, embora tenham patas articuladas que usam para apanhar comida.

Nos países da Península Ibérica, Portugal e Espanha, as cracas pescoço de ganso são consideradas como uma iguaria e têm um preço bastante salgado, podem chegar a custar US$ 500 (R$ 2,85 mil) o quilo nesses locais.



Fonte: Olhar Digital



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Como não repreender seu cachorro – Dicas de cuidados e educação

Leia Mais