Notícias

Anteprojeto de novo acordo do clima sairá em outubro, dizem negociadores

Compartilhe:     |  12 de junho de 2015

O “anteprojeto” de um texto de negociação sobre a mudança climática estará pronto no fim de outubro, afirmaram nesta quinta-feira (11) em Bonn os dois copresidentes dos debates, que anunciaram à imprensa “enormes” progressos.

“Teremos até o fim de outubro o anteprojeto”, prometeu o argelino Ahmed Djoghlaf, copresidente dos debates ao lado do americano Daniel Reifsnyder.

O anteprojeto é o texto que será enviado aos 196 participantes na conferência ministerial de Paris, para uma discussão, a partir de 30 de novembro. “Acreditamos que fizemos enormes progressos. Agora as partes pedem que avancemos”, disse Reifsnyder.

Durante 11 dias, os negociadores das 196 partes da convenção marco sobre a mudança climática se reuniram na cidade alemã para preparar um texto, que tem mais de 100 páginas, que propõe novas medidas para reduzir, adaptar-se e para financiar a lucha contra este problema. A temperatura do planeta não deve superar 2ºC de média, sob o risco de provocar mudanças irreversíveis no clima e natureza, advertem os cientistas.

A reunião permitiu aos copresidentes propor mudanças de forma consensual, a partir das consultas de 11 grupos de trabalho. Em Bonn, eles utilizaram uma forma de trabalho que implica em uma liderança dupla de cada grupo, ou seja, dois “facilitadores” para impedir acusações de concentração de poder, revelaram os copresidentes. Os dois garantiram que o sistema foi bem recebido pelos negociadores.

Mais duas pré-COPs previstas
Após a rodada de negociações que termina nesta quinta-feira, outras duas devem acontecer em Bonn, antes da conferência do fim do ano em Paris. “Esperamos que as partes apoiem nossa proposta”, disse o representante americano. “Todo mundo sabe que em Paris teremos um pacote de negociação para adotar decisões políticas a nível de ministros, ao longo de duas semanas, começando em 30 de novembro”, arriscou o colega argelino.

Paralelamente ao novo tratado, muito mais ambiciosos que o Protocolo de Kyoto, os países devem anunciar antes do encontro de Paris os compromissos de redução das emissões de gases do efeito estufa. Quase 70% dos gases que provocam o efeito estufa são produto da combustão de energias de origem fóssil.

Até o momento, apenas 40 países, incluindo os 28 membros da União Europeia, apresentaram compromissos para reduzir as emissões.

IPCC - arte (Foto: G1)

 



Fonte: G1 - France Presse



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Holanda se torna o primeiro país sem cães abandonados – e não precisou sacrificar nenhum

Leia Mais