Notícias

Arquitetura de um edifício pode melhorar criatividade dos seus ocupantes

Compartilhe:     |  11 de dezembro de 2019

Arquitetura Maharishi Vastu

A arquitetura de um prédio ajuda a aumentar a criatividade dos seus ocupantes.

Esta é a conclusão um tanto surpreendente de Anil Maheshwari e Margaret Werd, da Universidade Maharishi de Administração, nos EUA.

A arquitetura utilizada é conhecida como Maharishi Vastu, um sistema tradicional de construção que se originou na Índia e é conhecido também como vastu ou sthapatya veda.

As técnicas do Maharishi Vastu incluem o alinhamento da construção com os pontos cardeais, uma área central silenciosa chamada brahmasthan, cômodos com localização e proporções precisas, declive e forma apropriados do terreno, uma visão desobstruída do nascer do sol, um local distante o suficiente das principais fontes de radiação eletromagnética e o uso de materiais naturais e energia solar.

Os pesquisadores levantaram a hipótese de que essa arquitetura traria uma ampla gama de benefícios porque ela se propõe a criar uma harmonia dos ocupantes com a natureza.

“Pode parecer pouco familiar para uma perspectiva científica ocidental, mas o fato é que nossa fisiologia está intimamente ligada ao material, aos ritmos e às forças da terra e do sol. Os sistemas tradicionais de arquitetura, que têm surgido em muitos lugares ao redor do mundo por um longo período de tempo, levam essas coisas em consideração. E agora queremos ver se os supostos benefícios podem ser cientificamente verificados,” disse o professor Anil Maheshwari.

Arquitetura que melhora criatividade

Nesse primeiro estudo desse tipo, os funcionários de uma empresa de arquitetura e engenharia, com sede em uma grande cidade metropolitana do leste dos Estados Unidos, mudaram-se para um prédio de escritórios recém-construído segundo as regras do Maharishi Vastu.

As avaliações mostraram que esses funcionários obtiveram uma pontuação mais alta nos testes padronizados de criatividade (TTCT: Torrance Tests of Creative Thinking) em comparação com sua pontuação quatro meses antes, quando ainda trabalhavam no prédio antigo. Em particular, os funcionários geraram de 50% a 80% mais ideias originais.

Os pesquisadores afirmam que esses resultados têm menos de 1% de probabilidade de serem devidos ao acaso.

“Esta pesquisa demonstrou experimentalmente que a mudança de um edifício de arquitetura convencional para um edifício Vastu levou a grandes melhorias mensuráveis na criatividade dos funcionários, em particular na originalidade das ideias geradas e em sua elaboração aberta e detalhada. Acho que todas as organizações, grandes e pequenas, poderiam se beneficiar disso,” disse o professor Maheshwari.

Bibliografia:

Artigo: Architecture and Creativity: Examining the Impact of Maharishi Vastu on Workplace Creativity
Autores: Anil K. Maheshwari, Margaret Rose P. Werd
Revista: Creativity Research Journal
DOI: 10.1080/10400419.2019.1667943



Fonte: Inovação Tecnológica



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Holanda se torna o primeiro país sem cães abandonados – e não precisou sacrificar nenhum

Leia Mais