Artigos

Artigo aborda custo para salvar espécie em extinção

Compartilhe:     |  13 de julho de 2019
Analista do Cemave é um dos autores do artigo que foi publicado na revista científica Royal Society Open Science.
araraazul2
O analista ambiental Antonio Eduardo Barbosa, do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (Cemave), é um dos autores do artigo How much does it cost to save a species from extinction? Costs and rewards of conserving the Lear’s macaw – “Quanto custa salvar uma espécie da extinção: custos e recompensas de conservar a arara-azul-de-lear”, publicado neste mês, na revista científica Royal Society Open Science.

Segundo Antonio Eduardo, o estudo se concentrou em estimar os custos e recompensas de conservação, avaliando o nível de benefícios gerados a partir de uma abordagem focada na recuperação de uma emblemática espécie, a arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari), descoberta na natureza em 1978 com apenas 60 indivíduos. O estudo demonstra que os custos envolvidos na recuperação da arara-azul-de-lear estavam dentro do esperado para alcançar um aumento populacional suficiente para retirar a espécie da lista da categoria Criticamente Ameaçada para Em Perigo.

O estudo chama a atenção de que não é possível assumir totalmente que as ações de conservação, que visam espécies bandeiras/guarda-chuva, beneficiam outras espécies, uma vez que não foram destinados fundos para aumentar a extensão e a qualidade dos habitats naturais.

Acesse e leia o aqui o artigo



Fonte: Comunicação ICMBio



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Leia Mais