Notícias

Atriz Pamela Anderson pede esforços na luta contra a poluição plástica

Compartilhe:     |  15 de julho de 2018

A atriz vegana e ativista dos direitos dos animais, Pamela Anderson, pediu através do Twitter para que seus seguidores parassem de usar plástico. O pedido ocorreu após a estrela receber seu almoço vegano em uma sacola plástica.

“Precisamos usar o que temos, e não consumir mais plástico”, escreveu ela. “O recipiente de plástico, mesmo que cheio de comida vegana, ainda não é bom o suficiente.”

Em um comentário após o post inicial, Anderson disse que “já falhou” em seu próprio esforço para parar de usar plástico, citando produtos de beleza, escova de dentes, xampu, secador de cabelo. “Está em toda parte”, disse ela. “Apenas comecei meu dia”, publicou usando a hashtag #beaware para chamar a atenção de seus seguidores para o problema.

Anderson se junta a um número crescente de celebridades se posicionando contra o plástico descartável. Em maio, o músico vegano Moby pediu que celebridades como o ex-presidente Barack Obama desistissem de garrafas plásticas de água.

“Fato horripilante: usamos um milhão de garrafas plásticas de água, a cada minuto de cada dia e, em 2050, haverá mais plástico nos oceanos do que peixes”, explicou Moby. “Desistir de garrafas plásticas de água é muito, muito fácil. Você pode substituí-lo por uma garrafa de água reutilizável”.

Com o Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano focado na poluição plástica, celebridades como os atores James Cromwell, William Shatner e Barbara Hershey, a modelo Gisele Bündchen, e a conversista e primatologista Jane Goodall, prometeram desistir dos plásticos descartáveis.

A atriz vegana e ativista dos direitos dos animais, Pamela Anderson, pediu através do Twitter para que seus seguidores lutassem contra a poluição plástica.

Foto: Divulgação

A poluição plástica tornou-se uma grande ameaça para os oceanos e a vida marinha do mundo. Filmes como o albatroz de Chris Jordan, lançado recentemente, destacam a imensa ameaça que o plástico representa para a vida marinha, incluindo aves marinhas como o albatroz. Peixes, pássaros e outros animais marinhos geralmente consomem plástico que são confundidos com comida.

Estima-se que 5 a 13 milhões de toneladas de plástico são despejadas no oceano todos os anos. Dados recentes sugerem que pode haver mais plástico no oceano do que peixes até 2050.

Felizmente, um número crescente de campanhas globais com o objetivo reduzir o uso de canudos plásticos têm sido instituídas. Apenas nos EUA, mais de 500 milhões de canudos de plástico são jogados fora todos os dias, que afetam diretamente a vida marinha e a cadeia alimentar.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais