Notícias

Austrália declara oficialmente a extinção de mamífero devido às mudanças climáticas

Compartilhe:     |  21 de fevereiro de 2019

A triste notícia faz do Bramble Cay Melomys o primeiro mamífero a ter sido exterminado como resultado da mudança climática provocada pelo homem.

O roedor parecido com um rato, cujo único habitat conhecido era uma pequena ilha de areia no extremo norte da Austrália, não é visto há uma década.

Pesquisadores de Queensland disseram que a extinção foi “quase certamente” devido à repetida inundação oceânica do Cay, uma ilha de baixa altitude em um recife de corais – na última década, que resultou em perda dramática de habitat. As informações são do Daily Mail.

O Ministério do Meio Ambiente da Austrália disse na última terça-feira (19) que transferiu oficialmente o animal para a lista dos extintos.

A declaração era esperada. Os pesquisadores completaram uma ampla pesquisa em 2014, em uma tentativa de rastrear as espécies, mas não encontraram vestígios.

Dados disponíveis sobre o aumento do nível do mar e eventos climáticos na região do Estreito de Torres apontam para a mudança climática induzida pelo homem, sendo a causa da perda da Bramble Cay melomys, segundo um estudo divulgado em 2016.

O Melomys rubicola, considerado a única espécie endêmica de mamíferos da Grande Barreira de Corais, foi descoberto pela primeira vez no Cay em 1845 por europeus que atiravam nos roedores por “esporte”.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Cadela cega explorada para reprodução é salva e se torna amiga de menino com deficiência

Leia Mais