Trilhas da Paraíba

Barra de São Miguel

Compartilhe:     |  26 de junho de 2015

O município de Barra de São Miguel fica localizado na mesorregião da Borborema e na microrregião do Cariri Oriental paraibano, a uma distância de 207.80 Km de João Pessoa. Limita-se com o estado de Pernambuco e os municípios de Boqueirão (36 km), São João do Cariri (48 km), Cabaceiras (31 km), São Domingos do Cariri (22 km) e Caraúbas (20km). A temperatura média anual desse município oscila em torno de 25°C e apresenta uma vegetação de Caatinga que varia de Herbácea a Arbustiva.

Sua história começou na primeira metade do século XIX e sua emancipação aconteceu no dia 14 de dezembro de 1961, com sua instalação no dia 08 de abril de 1962. Segundo o IBGE, os primeiros habitantes da região foram os índios cariris. Em 1776, chegaram os primeiros bandeirantes à região, quando começou a ocupação.

Inácio Tavares foi um dos bandeirantes que fixou residência no local, e seu nome deu origem ao primeiro topônimo: Barra de Inácio Tavares. Posteriormente, o nome foi mudado para Barra de São Miguel, em homenagem ao padroeiro.

O distrito foi criado com a denominação de Barra de São Miguel, pela lei municipal nº 2, de 6 de maio de 1866, subordinado ao município de Cabaceiras. Pela lei estadual nº 166, de 10 de julho de 1900, Barra de São Miguel passou a ser sede do município de Cabaceiras.

Tal condição foi alterada em 1907, retornando a sede do município para Cabaceiras. Em 1938, o distrito passou a denominar-se São Miguel. Em 1943, nova denominação é adotada: Potira. O distrito foi elevado à categoria de município com a denominação de Barra de São Miguel, pela lei estadual nº 2623, de 14 de dezembro de 1961, desmembrado de Cabaceiras.

O município encontra-se inserido nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Paraíba, na região do Alto Paraíba e tem como principais tributários são o Rio Paraíba e os riachos da Mata, Arapuá, Caraibeiras, Quixaba, da Cachoeira, Canudos, Chocalho, Bolão, das Varas, Doce, do Mulungu, da Barra, São Francisco, do Boi, do Meio, de Santo Antonio, das Almas, Santana, do Brejinho, do Jaques, do Mel, do Baixinho, das Almas e do Poço, todos de regime intermitente. Conta ainda com os açudes Riacho do Baixinho, Riacho de Santo Antônio e o Açude Público Epitácio Pessoa ou Açude do Boqueirão.

Fonte: Wikipédia – Famup



Fonte:



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais