Notícias

Beber 7 xícaras de café por dia reduz risco de morte, diz estudo

Compartilhe:     |  16 de julho de 2018

Um estudo recente, publicado pela JAMA Internal Medicine, concluiu que beber grande quantidade de café reduz o risco de morte.

O levantamento foi comandado por pesquisadores do U.S. National Cancer Institute e feito com mais de 14.200 voluntários, entre 38 e 73 anos, durante 10 anos.

As primeiras conclusões afirmavam que duas a três xícaras por dia poderiam reduzir o risco de morte em 12%.

Agora, os estudiosos descobriram que seis a sete xícaras diariamente podem reduzir em até 16% o risco de morte prematura.

Prevenção do coração

Outro estudo publicado recentemente no Journal of American College of Cardiology sugeriu que a cafeína pode também ser forte aliada à saúde do coração e prevenir inclusive algumas anomalias.

Segundo a pesquisa, o café pode proteger o coração da fibrilação atrial, uma espécie de arritmia que faz com que o órgão bata de forma irregular.

Por ter ação antioxidante, o café ajuda a neutralizar resíduos negativos das células, preservando assim a saúde do tecido e aumentando a longevidade do músculo cardíaco.

Leia:  H1N1 responde por mais de 54% dos casos de influenza em MT

A recomendação, no entanto, é que a dose diária de cafeína não ultrapasse 300 miligramas, aproximadamente três xícaras.

Outra indicação importante é que a cafeína seja consumida em forma de café ou chá e nunca nos energéticos, pois esses contêm em sua composição elementos que podem ser prejudiciais à saúde.



Fonte: Cenário MT



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais