Notícias

Bica participa de campanha nacional de mapeamento de atropelamento a animais silvestres

Compartilhe:     |  12 de novembro de 2014

O Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), em parceria com a Sociedade Brasileira de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB), Parques das Aves-RJ e a Tetra Pak, participará, no próximo sábado (15), do “Dia Nacional de Urubuzar”, que tem como objetivo divulgar o aplicativo gratuito “Sistema Urubu”, que visa mapear os atropelamentos de animais silvestres nas estradas brasileiras.

O objetivo é formar um banco de dados que ajudará a identificar onde acontecem mais atropelamentos e assim realizar ações de prevenção, como também servir de referência quando for planejada a expansão ou a construção de estradas no país.

O Sistema Urubu, idealizado pelo Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas-CBEE, se baseia em fotografias georreferenciadas pelo GPS de celulares, ou tablets, que são enviadas para o CBEE e depois liberadas no Banco de Dados Brasileiro de Atropelamento de Fauna Selvagem (BAFS). Qualquer pessoa, que baixar o aplicativo em seu celular poderá contribuir com a identificação dos locais onde ocorrem os atropelamentos de fauna silvestre.

Segundo dados do CBEE, mais de 450 milhões de animais, como cobras, jabutis, macacos, tatus, antas, lobos-guará, corujas e onças, são atropelados nas estradas brasileiras, muitos deles de espécies ameaçadas de extinção.

Segundo informa Diego Nóbrega, educador ambiental do Parque, o “Dia Nacional de Urubuzar” deverá envolver mais de 100 instituições, em todo o Brasil, que farão ações simultâneas para divulgar a problemática dos atropelamentos e o aplicativo. A Bica dará sua contribuição à campanha iniciando as ações nos dias 13 e 14, com jogos, pintura nos rostos das crianças e oficinas, relacionadas aos principais animais que são vitimas de atropelamento.

No 15, o dia “D”, será dedicado a incentivar as pessoas a baixarem o aplicativo em seus celulares, explicando o passo a passo e a importância de participar da campanha.

“Vamos organizar um grupo de educadores ambientais para fazer a divulgação com folders e convidar os visitantes a baixarem o aplicativo, os mesmos receberão um adesivo que será fixado no ‘Mural do comprometimento’ com sua assinatura, e levará mais dois adesivos para incentivar duas pessoas a baixarem o aplicativo em seus celulares”, informou Diego.

Sistema Urubu

Idealizado pelo biólogo e Coordenador do CBEE, Alex Bagger, trata-se de um aplicativo gratuito para celulares e tablets com Android, que serve para ajudar a registrar os casos de mortes de animais nas estradas e evitar que mais animais sejam vítimas dos carros e caminhões. Qualquer pessoa que possua um smartphone ou tablet com Android poderá baixar o aplicativo, mas é preciso ter câmera e GPS no aparelho.

A ideia é simples: a pessoa baixa o aplicativo e quando encontrar um animal atropelado, faz a foto que, automaticamente, tem a data e a posição geográfica do atropelamento registradas. A pessoa pode enviar a fotografia no mesmo instante ou aguardar para enviar quando tiver wi-fi disponível. Todas as fotos que chegarem serão pré-analisadas e submetidas aos gestores do Sistema.



Fonte: Portal Correio



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais