Notícias

Biólogos comemoram a reprodução em cativeiro de duas onças pintadas

Compartilhe:     |  30 de outubro de 2014

Duas onças-pintadas nascidas em cativeiro já podem receber visita no Zoológico Botânico de Carajás, no Pará. Um dos filhotes tem a pelagem bem escura.

Pesando cerca de 15 quilos cada um, eles são agitados e brincalhões. A mãe está sempre atenta e vive livrando as crias do perigo.

Os filhotes de onça pintada nasceram no mês de maio, mas só agora foram colocados na área de exposição do Parque Zoo Botânico de Carajás, no sudeste do Pará.

Os biólogos comemoram a reprodução em cativeiro da espécie e dizem que o nascimento de dois filhotes, um deles com pelagem escura, é considerado uma raridade.

A onça pintada está ameaçada de extinção, por isso, há um grande incentivo às iniciativas de reprodução em cativeiro em todo o país.

O casal já foi batizado pelos moradores da cidade através de um concurso que foi lançado para escolha dos nomes. Sugestões foram apresentadas e 10 dias depois, a comunidade pode votar pela internet. A fêmea recebeu o nome de Pandora e o macho, Thor.

Inaugurado em 1985, o parque ocupa uma área de 30 hectares da Floresta Amazônica e abriga mais de 260 espécies de animais, como a arara-azul, ararajuba e o macaco-aranha-da-testa-branca, ameaçados de extinção, também reproduzidos em cativeiro.

Pandora e Thor agora se juntam a outras duas onças pintadas que nasceram no parque de ano de 2000.



Fonte: Globo Rural



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais