Notícias

Bitucas recolhidas viram pranchas de surf que são doadas para crianças carentes

Compartilhe:     |  15 de outubro de 2019

Que cigarro faz mal à saúde todo mundo sabe, mas nem todo mundo sabe que cigarro faz mal também à Natureza! Isso se deve ao fato de milhares de bitucas jogadas no ambiente poluírem solo, rios e oceanos, além de serem digeridas acidentalmente por animais marinhos. Desde à sua produção até o seu consumo e descarte, o cigarro traz danos ao ambiente e aos seres vivos. Como reciclar esse lixo tão danoso, enquanto não chegamos ao objeto zero fumante no mundo?

Pensando nisso, Felipe Árias, fundador do espaço Lar Mar, está empreendendo uma iniciativa sustentável que consiste em transformar bitucas de cigarro em pranchas de surfe.

Saiba mais sobre esse empreendimento voluntário e ambiental com as informações a seguir.

Como surgiu a ideia

A ideia de baseou no Projeto Cigarette Board (Prancha de Cigarro), criado pelo design industrial Taylor Lane, que fez a primeira prancha de surfe reaproveitando cigarro e que por isso recebeu vários prêmios de sustentabilidade nos EUA.

Cigarette Board utilizou 4 mil bitucas de cigarro recolhidas na Califórnia para a confecção de uma prancha e o músico Jack Johnson, para apoiar essa campanha, testou uma das pranchas nas praias californianas.

Veja este vídeo do canal Cigarette Surfboard em que Jack Johnson fala dessa ação ecológica e aparece usando a prancha de bitucas de cigarro, além de destacar a importância de cuidarmos e preservarmos o mar e a natureza.

Lançamento no Brasil

Seguindo essa pegada, Felipe Árias lançou aqui no Brasil a campanha de transformar bitucas de cigarro em pranchas de surfe e os seus clientes e apoiadores estão colaborando com essa iniciativa, deixando as bitucas de cigarros nos reservatórios espalhados pelo Lar Mar, para posteriormente serem usadas na confecção das pranchas.

Como colaborar

Para quem quiser colaborar com essa iniciativa, recolhendo bitucas jogadas na natureza é só levá-las e entregá-las de quarta-feira a domingo no Lar Mar.

O espaço Lar Mar reúne loja, bar e restaurante, fica na rua João Moura, 613, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo (SP) e agora é sede dessa campanha, a qual para cada 3 mil bitucas recicladas, uma prancha será criada e confeccionada pelo shaper Neco Carbone.

As bitucas de cigarro transformadas em pranchas de surfe serão doadas para escolinhas de surfe para crianças carentes da cidade de Santos e Guarujá, litoral de São Paulo.

Sobre o resultado dessa iniciativa ecológica Felipe Árias comentou ao Razões para Acreditar:

“Nosso objetivo é fazer com que as pessoas parem de jogar bitucas no chão.  Nossos clientes aceitaram a ação de uma forma incrível. Em apenas um final de semana, já conseguimos reunir mais de mil bitucas.”

Zero cigarro

As pessoas vêm se conscientizando cada vez mais sobre os prejuízos do cigarro à saúde e ao meio ambiente mas, ainda assim, o cigarro continua sendo uma praga a ser combatida.

A indústria do tabaco com o tempo, foi modificando a fórmula dos cigarros para causarem mais dependência e, dessa forma, não perderem seus clientes. O objetivo é zero fumante em breve mas enquanto não atingimos essa meta, aplaudimos iniciativas como a do Lar Mar que além de ambiental, é também social. Parabéns aos idealizadores!



Fonte: Greenme - Deise Aur



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Leia Mais