Trilhas da Paraíba

Bom Jesus

Compartilhe:     |  17 de novembro de 2018

Resultado de imagem para bom jesus pbO município de Bom Jesus está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca. Bom Jesus limita-se com Cajazeiras, Ipaumirim-CE, Santa Helena e Cachoeira dos Índios.

O município está localizado na unidade geoambiental da Depressão Sertaneja, com clima semiárido quente e seco. A vegetação predominante é a caatinga xerófila. Bom Jesus está inserido nos domínios da bacia hidrográfica do rio Piranhas, Sub-Bacia do Rio do Peixe. Seus principais tributários são os riachos do Batuque e do Cipó, todos de regime intermitente.

A economia de Bom Jesus tem a agricultura e a pecuária como principais atividades, destacando-se o cultivo de arroz, milho feijão e a criação de gado leite queijo, que formam a base da economia local. Dados do Departamento de Ciências Atmosféricas, da Universidade Federal de Campina Grande, mostram que Bom Jesus apresenta um clima com média pluviométrica anual de 865.1 mm e temperatura média anual de 25.0 °C.

História

Segundo informações e pesquisas, a cidade de Bom Jesus é relativamente recente; seu início foi por volta de 1890 com a criação da Fazenda Aroeiras de propriedade do Sr. Antônio Caetano. Com a criação da Diocese de Cajazeiras em 1914, houve uma demanda de vigários pelo interior do município de Cajazeiras, então apareceu em Aroeiras, no período de 1912 a 1918 o dinâmico vigário conhecido na época por Padre Lopes, o qual interessou-se em construir uma capela nesta fazenda, já povoada, sendo de sua preferência o então sítio Forquillha, porém o Sr. Francisco Eufrásio não concordou, isto é, não cedeu o terreno exigido pelo padre Lopes. Mesmo assim o padre não desistiu, porque seu ideal era a primeira Capela no Município de Cajazeiras, no povoado Aroeiras.

De fato realizou seu plano, nesse mesmo período de 1912 a 1917, notadamente junho de 1917, convocou uma reunião com os mais interessados do povoado, a mesma ficou clara que: Antônio Caetano,proprietário com parte na Paraíba e Antônio Gonçalves Moreira, Proprietário com parte no Ceará, doariam o terreno (Este povoado está localizado na divisa dos Estados da Paraíba e do Ceará).

Esses dois proprietários demonstraram boa vontade e doaram o terreno ao Patrimônio para a construção da capela. Cuja área passou a pertencer a Paróquia de N.S. de Fátima, num total de 440 m² cujos limites são: Ao Leste com a cidade de Cajazeiras ao Oeste com a Ipaumirim, ao Norte com SantaHelena e ao Sul com Cachoeira dos Índios e distância de João Pessoa 505 Km.

Construíram a Capela, o povoado cresceu, a população começou a participar, o vigário Padre Lopes desenvolveu várias atividades, programou de início o Padroeiro da cidade que hoje continua o mesmo: Sagrado Coração de Jesus.

Organizou também o núcleo do Apostolado da Oração que chegou a compor-se de 110 associados. Os devotos da época eram: João Vicente, Antônio Gonçalves, Doca Carlos e tantos outros. Com a participação dos habitantes realizava a chamada de “13 de junho” com o encerramento da trezena (13 noites de Novena) cujas festas eram bem concorridas feita em divisões: noite dos artistas, alfaiates, carpinteiros, comerciantes etc. Os organizadores da época: Antônio Gonçalves Moreira, João Vicente, Doca Carlos, Firmino de Brito e tantos outros.Esse movimento era coordenado pelo zelador da Igreja Joaquim de Brito Lira, esse período não foi muito longo, visto que desapareceram o vigário e os mais antigos interessados.

Resultado de imagem para bom jesus pbO povoado entrou numa fase de decadência por muitos anos.Depois de um longo período o povoado voltou a obter um elevado progresso econômico com a implantação de uma pequena Usina de beneficiamento de algodão do Sr. Sebastião Bandeira de Melo, esta Usina (IPU), ofereceu vários empregos para a comunidade, com a mesma surgiu uma movimentada feira, que foi constatada como uma das melhores da região, no período de 1920 a 1933, a qual ficou conhecida como: “A era de 20”.Passado esse período, por questões ignoradas o Sr. Sebastião Bandeira de Melo, vende a Usina de Algodão, para outra cidade e poucos anos depois foi extinto a conhecida feira, o povoado ficou na pobreza até meados de 1957.

Imagem relacionadaCom o êxito do ex-prefeito de Cajazeiras, Sr. Antônio Cartaxo Rolim, o povoado passo a ser lembrado pelo poder público cajazeirense.

O Sr. Antônio Cartaxo Rolim, prefeito da cidade de Cajazeiras na época, instalou em Bom Jesus o primeiro motor gerador de energia elétrica, construiu o grupo escolar Antônio Gonçalves Moreira e instalou uma linha telefônica ligando o Distrito a Cajazeiras, obras de grande importância naquela época.

Formação Administrativa

Resultado de imagem para bom jesus pbDistrito criado com a denominação de Bom Jesus, pela lei municipal nº 185, de 08-07-1959, subordinado ao município de Cajazeiras.

Em divisão territorial datada de 1-07-1960, o distrito de Bom Jesus, figura no município de Cajazeiras.

Elevado à categoria de município com a denominação de Bom Jesus, pela lei estadual nº 3096, de 05-11-1963, desmembrado de Cajazeiras. Sede no atual distrito de Bom Jesus. Constituído do distrito sede. Instalado em 10-11-1964.

Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.



Fonte: Site Oficial da PMBJ



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Medicamentos e remédios caseiros: o que fazer e o que não fazer?

Leia Mais