Notícias

Brasil dá um passo à frente para um mercado confiável de emissões de gás efeito estufa

Compartilhe:     |  30 de julho de 2014

O Instituto Totum é um dos primeiros a ser acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro como Organismo de Verificação de Inventários de Gases de Efeito Estufa (OVV). As empresas que declaravam emissões de gás de efeito estufa (protocolo GHG) podiam elaborar o inventário e auditá-lo por meio de empresas de consultoria ou auditoria. A partir de agora, o processo de verificação do inventário somente poderá ser feito pelos organismos verificadores acreditados, conferindo às empresas a chancela de um OVV oficial reconhecido no Sistema Brasileiro de Certificação.

O Instituto Totum já teve reconhecida a sua competência técnica para fazer a verificação de inventários de gases de efeito estufa, tendo sido avaliado pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro.

“O OVV dá mais credibilidade às declarações de emissões de efeito estufa das empresas, garantindo ao mercado que as informações são verificadas com base em um padrão normativo internacional”, diz o sócio-diretor do Instituto Totum, Fernando Giachini Lopes. As empresas se sentirão mais seguras em buscar um OVV acreditado por um órgão regulador, explica Lopes.

Segundo ele, o Brasil está dando um passo à frente na estrutura de um mercado confiável de emissões, a exemplo do que ocorre na Europa. Lá, uma usina de energia térmica, por exemplo, deve obedecer a um teto de emissões pré-estabelecido. Cabe à usina comprovar às autoridades que cumpriu a meta de emissões e ao OVV atestar que a declaração é verdadeira.

A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), por meio da decisão de Diretoria nº 254, publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo de 22 de agosto de 2012, exige que empreendimentos de um leque amplo de atividades apresentem seus inventários de gases de efeito estufa. Ainda segundo a Cetesb, esse inventário deve ser verificado de forma independente.

O Totum está acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação do INMETRO a atuar em três categorias inicialmente: manufatura, geral (serviços, educação, hospital, instituições financeiras, dentre outros) e produção de metal (siderurgia). Caso existam demandas de outros setores, o processo de extensão do escopo de acreditação é possível.



Fonte: Envolverde



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Como restaurar o equilíbrio intestinal de cães e gatos

Leia Mais