Notícias

Califórnia pode se tornar o terceiro estado americano a proibir a exploração de animais em circos

Compartilhe:     |  15 de setembro de 2019

O estado da Califórnia, nos Estados Unidos, está tomando medidas sérias para proteger os animais. Recentemente, eles proibiram a caça de animais para o comércio de peles e o projeto de lei para proibir a comercialização das peles foi aprovado alguns dias atrás. É questão de tempo para que a exploração de animais em circos seja levada em consideração e, enfim, proibida.

O projeto de lei que pede pelo fim das atrações já passou pelo Senado e pela Assembleia. Se for assinado pelo Governador Newson, a Califórnia se tornará o terceiro estado a proibir as atrações de circo envolvendo animais selvagens. Nova Jersey e Havaí proibiram a exploração no ano passado.

Os animais selvagens presentes nos circos sofrem sequelas físicas e psicológicas. Retirados de suas mães, ainda bebês, eles são maltratados e confinados em gaiolas, depois são obrigados a realizarem truques que não são naturais para as espécies. É comum que eles desenvolvam doenças e passem por intensas situações de estresse.

O senador Ben Hueso disse, de acordo com a Animal Defenders International (Defensores Internacionais de Animais), que tudo o que falta para acabar com a prática é a assinatura do governador. “A Califórnia não irá tolerar abusos de animais, que tiram as espécies de seus habitats naturais e as colocam em condições perigosas. Agora, tudo o que precisamos é a assinatura do governador – é a coisa certa a se fazer e estamos atrasados”, concluiu.

Uma petição foi criada para incentivar a proibição da prática em todo os Estados Unidos. Você pode contribuir assinando aqui.



Fonte: Anda



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Saiba como proceder em caso de envenenamento de cães e gatos

Leia Mais