Espaço Animal

Camomila, uma planta medicinal para os animais de estimação

Compartilhe:     |  6 de junho de 2020

A camomila é uma planta medicinal que podemos dar ao animal para aliviar certas doenças específicas, mas sempre depois de consultar o veterinário.

Nem todas as plantas que funcionam para os seres humanos podem ser usadas nos cuidados com os animais de estimação. Por exemplo, o chá produz um aumento na frequência cardíaca nos animais, o que pode causar sérias complicações. No entanto, a camomila é uma planta que combina tanto com humanos quanto com animais de estimação.

A camomila (Matricaria recutita ou Matricaria chamomilla) é uma das mais antigas plantas medicinais conhecidas. Acredita-se que essa planta tenha atraído a atenção humana por seu aroma intenso e, uma vez usada, foram descobertas as propriedades que continuam a torná-la tão popular.

Camomila, uma planta medicinal para os animais de estimação

Usos da camomila

A camomila é uma planta medicinal que tem vários usos, tanto em humanos quanto em animais. Vamos ver mais sobre o assunto abaixo.

Sistema digestivo

É muito saudável usar camomila por via oral nas ocasiões em que notamos má digestão, estômago inchado, flatulência ou diarreia. Os veterinários afirmam que o uso dessa planta é um bom método para desinchar e, assim, aliviar a dor de estômago.

Essa capacidade de desinchar se deve à apigenina, uma molécula cada vez mais estudada por sua presença em uma grande variedade de plantas medicinais e com um amplo espectro de benefícios à saúde.

Nervos e ansiedade 

Se o seu animal de estimação for daqueles que fica nervoso ou facilmente assustado diante de estímulos externos, como fogos de artifício, carros ou outros sons ou situações, tomar camomila será um bom remédio. Esse efeito vem da apigenina, que tem uma ação relaxante.

Pele irritada

Quando percebemos que a pele do animal está irritada, seja por causa da picada de algum outro animal, por uma alergia ou até mesmo pelo sabão que foi usado no banho que não era o mais recomendado, podemos usar a camomila.

Para isso, podemos preparar a infusão e aplicá-la com compressas a fim de reduzir a inflamação, a dor e a coceira no animal.

Olhos

Nos casos de conjuntivite ou irritação ocular, a camomila também será eficaz no alívio da dor e na eliminação daquilo que estiver causando o desconforto na área ocular. Vamos molhar um chumaço de algodão na infusão de camomila e aplicar delicadamente na área dos olhos.

Vermes

Quando o animal estiver com vermes intestinais, a bebida de camomila ajudará a expulsá-los. Devemos sempre usá-la como um tratamento complementar, pois esses tipos de infecções exigem atenção veterinária e medicamentos específicos.

Carrapatos

O cheiro da camomila ajuda a afastar os carrapatos. Portanto, podemos pulverizar (durante o banho) um pouco de infusão de camomila quente nos pelos do animal para dizer adeus aos parasitas indesejáveis.

Dores musculares

Depois de falar sobre tantos usos da camomila e seu composto apigenina, já é de se esperar que no caso das dores musculares também seja um alívio usar essa planta, tanto de forma tópica quanto oral.

  • Para administração oral, devemos preparar um copo da infusão (100-125 ml) e dar ao animal de estimação.
  • Para administração tópica, podemos usar um chumaço de algodão ou compressa impregnada com a infusão de camomila.
Dores musculares

Como preparar a camomila para o animal de estimação?

A camomila pode ser encontrada em saquinho de chá em qualquer supermercado. Também pode ser comprada em lojas naturais em saquinhos ou a granel. Lembre-se: se você a comprar a granel, o ideal é que as flores estejam inteiras e secas. Dessa forma, será possível tirar melhor proveito das suas propriedades.

Para proporcionar alívio ao animal de estimação em qualquer uma das situações detalhadas acima, devemos preparar uma infusão com a planta. Para isso, é aconselhável seguir as seguintes etapas:

  • Coloque a água para ferver.
  • Quando tiver fervido, adicione as flores e tampe. Desligue o fogo rapidamente para não queimar as flores e as suas propriedades medicinais.
  • Deixe o líquido descansar por um tempo.

Embora os humanos tomem chás quentes, para os animais devem ser frios ou, na melhor das hipóteses, mornos.

Quando a administração for oral, podemos adicionar um pouco de mel à infusão, sempre em pequenas quantidades. Antes de considerar outras adições, é sempre melhor consultar o veterinário.

Quando a aplicação da infusão for tópica, você deve molhar compressas ou chumaços de algodão na infusão e depois aplicar na área corporal afetada.

Plantas medicinais para os animais

Considerações importantes sobre a camomila

Em primeiro lugar, sempre devemos consultar o veterinário com antecedência sobre a possibilidade de usar plantas medicinais no nosso animal de estimação. Mesmo que a camomila seja uma opção aceitável, não custa perguntar para garantir que você a usará corretamente.

Alguns animais podem ser alérgicos, por isso devemos fazer um teste:

  • Via tópica. Aplique um pouco da infusão em uma área específica do corpo (nunca em grandes áreas, sempre em uma área específica) e observe a reação.
  • Via oral. Dê ao animal um pequeno gole da infusão e observe por um tempo se ele terá alguma reação, como vômito ou qualquer outra alteração.

Por outro lado, é preciso ter em mente que, em fêmeas grávidas, a quantidade de camomila oral fornecida deve ser limitada, pois pode ser perigoso.

camomila pode ser tóxica quando administrada em excesso, por isso é preciso ter muito cuidado. Se o cão a consumir em excesso, poderá ter vômito ou diarreia.

No entanto, quando usamos a infusão de camomila como remédio em doses controladas, em tempo hábil e de acordo com as instruções do veterinário, poderemos ver como ela ajuda a aliviar algumas condições do animal de estimação.



Fonte: Meus Animais



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais