Notícias

Cão sintético promete ajudar no ensino da medicina veterinária

Compartilhe:     |  4 de junho de 2016

A SynDaver Labs pode ter uma criação que vai mudar completamente o ensino da medicina veterinária no mundo. Atualmente, cães vivos são usados para a prática cirúrgica e aprendizado dos estudantes. Com o Canine Synthetic SynDaver, o cão sintético, tudo poderá mudar e animais vivos não precisarão mais estar presentes para as aulas da graduação.

“A Canine Synthetic SynDaver é um treinador cirúrgico que irá substituir a necessidade de animais em testes médicos, investigação e educação”, explica a empresa localizada em Tampa, que é uma cidade que na costa oeste do estado norte-americano da Flórida.

O animal sintético é muito semelhante a um cão vivo. Ele foi desenvolvido em parceria com a Universidade da Flórida e custa US $ 28.500. Como o preço é muito alto e muitas universidades não poderão adquiri-lo, uma campanha foi lançada os EUA para arrecadar dinheiro e doar as peças para escolas de medicina veterinária do país.

A SynDaver Labs é conhecida por criar seres humanos sintéticos mais realistas do mundo e agora aplica a mesma tecnologia na produção de animais. “É um sistema altamente complexo que imita cada parte do animal”, disse Dr. Christopher Sakezles, PhD, fundador da SynDaver Labs, em um vídeo promovendo o projeto. “Você vai ser capaz de fazer um monte coisas diferentes com ele. Veterinários serão capazes de treinar uma cirurgia no cérebro, sem risco para o animal”, explicou.

O cão sintético olha, sente e sangra exatamente como um real. A meta da equipe agora é crescer e conseguir levar a tecnologia para todas as escolas de medicina veterinária do país e, com o tempo, do mundo.

O próximo a ser desenvolvido por eles será um gato.



Fonte: Anda - Hora Brasil



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais