Notícias

Carregador portátil hidrelétrico pode facilitar a vida de mochileiros

Compartilhe:     |  9 de julho de 2018

Estar em contato direto com a natureza sempre nos traz experiências ótimas, mas, às vezes, é importante ter alguma conexão com dispositivos eletrônicos para facilitar a viagem. Só que, se nossos aparelhos eletrônicos não podem ser recarregados em grande parte de ambientes ao ar livre, como manter contato com a “civilização”? A empresa sul-coreana Enomad pensou em uma solução prática e sustentável para isso.

O Estream é um dispositivo carregador hidrelétrico portátil que converte água corrente em energia, que poderá ser usada para carregar os mais diversos dispositivos pela entrada USB. É do tamanho de uma garrafa d’água e pesa menos de um quilo; pode carregar até três celulares e, segundo a empresa, a carga é feita duas vezes mais rapidamente do que em dispositivos tradicionais. Basta emergir o aparelho em água corrente e deixar a turbina girar, criando energia – o item demora entre quatro e cinco horas para ser carregado completamente.

Diferentemente dos carregadores que funcionam à base de energia solar, não é possível carregar os dispositivos ao mesmo tempo em que o Estream está gerando energia, mas como ele também não é dependente da luz do sol, é possível deixar o carregador na água durante a noite e, ao acordar, tê-lo totalmente carregado.

O Estream também pode servir como lanterna se você conseguir fazer com que ela chegue ao fim do dia com energia. O iluminador tem dois níveis de intensidade e funciona embaixo d’água, podendo ser usado como sinalizador também. O único problema é que as baterias de dentro da Estream, assim como boa parte das baterias recarregáveis, têm dificuldades de funcionar em temperaturas muito baixas, a faixa ideal é entre -5°C e 40°C, mas a empresa está investindo para que a bateria possa ser usada em uma maior variedade de ambientes, como o Alaska e o Caribe.

Veja este vídeo, em inglês, apresentando o projeto para saber mais:

(Via eCycle)



Fonte: EcoD



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais