Medicina Verde

Cebola: benefícios, propriedades nutricionais e usos medicinais

Compartilhe:     |  1 de maio de 2021

cebola (Allium cepa) é um vegetal herbáceo de múltiplos usos e benefícios na culinária e na medicina popular. Sua origem é desconhecida mas é possível que venha das terras entre Índia, Punjab e Afeganistão, regiões em que se encontram diversas variedades de cebolas pelos campos.

Este é um ingrediente básico da cozinha brasileira e suas qualidades medicinais têm sido reconhecidas através dos séculos.

O poder de cura da cebola é usado em várias culturas e civilizações sempre partindo da cozinha, e de lá para os chás, emplastros e macerados.

Propriedades nutricionais da cebola

As poropriedades nutricionais da cebola não deixam dúvidas sobre seus benefícios à saúde.

Cebolas são ricas em:

Beneficios da cebola

A cebola tem ação diurética, antisséptica, antibiótica, bactericida, hipoglicemiante, anti-histamínica, redutora de lipídios, anti-inflamatória, anticatarral e vermífuga e é importante que seja consumida crua para que suas propriedades medicinais se mantenham intactas.

Por conta de seus componentes químicos, especialmente dos flavonoides e, dentro destes, da quercetina, que tem ação desintoxicadora e antioxidante, a cebola tem a propriedade de combater diversas doenças e reduzir a suscetibilidade a vários tipos de câncer: cólon, próstata, estômago.

A maior porcentagem de quercetina da cebola encontra-se na sua porção mais próxima das raízes e, para efeitos medicinais, tanto pode ser usada a cebola branca quanto a roxa.

A ingestão periódica de cebola também ajuda a melhorar o humor e a qualidade do sono e proporciona melhor resistência à pele e ao cabelo.

A boa e velha cebola tem feito parte da culinária há muito tempo, dando sabor e aroma a uma infinidade de receitas. Mas, além disso, é um alimento rico em nutrientes e detentor de propriedades medicinais reconhecidas e comprovadas pela ciência.

Segue uma lista com os benefícios da cebola, comprovados cientificamente, e os respectivos estudos em humanos.

Rica em antioxidantes, combate doenças

Os antioxidantes são compostos que inibem a oxidação, um processo que causa danos celulares e contribui para diversas doenças como diabetes, distúrbios cardíacos e câncer.

Os antioxidantes, como a quercetina, e os compostos contidos na cebola, têm propriedades anti-inflamatória, de reduzir os triglicerídeos e os níveis de colesterol. Por isso, a cebola pode prevenir e combater a pressão alta e doenças cardíacas.

A cebola é uma ótima fonte de antioxidantes, pois, contêm mais de 25 variedades de antioxidantes flavonóides.

Tal atributo tem confirmação no estudo -> Cebola: uma fonte única de flavonóides na dieta.

Ótimo alimento para o coração

Dentre as várias substâncias antioxidantes contidas na cebola vermelha, estão por exemplo as antocianinas, que conferem a cor da sua casca.

Um dos benefícios das antocianinas é o de reduzir doenças cardíacas.

A pesquisa, Ingestão habitual de antocianinas e flavononas e risco de doença cardiovascular em homens, que foi realizada com 43.880 homens, comprova esse benefício.

Esse estudo mostrou que a ingestão habitual, de até 613 mg por dia, de antocianinas tinha relação com um risco 14% menor de ataques cardíacos não fatais

Já esta outra pesquisa, averiguou que a alta ingestão de antocianinas esteve associada a um risco reduzido de infarto do miocárdio em mulheres jovens e de meia-idade, chegando ao número de 32% menos probabilidade de ter um ataque cardíaco, do que as mulheres com a menor ingestão deste antioxidante.

Outros fatores que fazem da cebola um ótimo alimento para o coração, são os seus compostos e antioxidantes, como por exemplo,  a quercetina.

Graças à essa substância, a cebola tem propriedades anti-inflamatória, de reduzir os triglicerídeos e os níveis de colesterol. Por isso, a cebola pode prevenir e combater a pressão alta e doenças cardíacas.

O estudo, Efeitos de um extrato de casca de cebola rico em quercetina na pressão sanguínea, realizado com 70 pessoas obesas e acometidas com pressão alta, descobriu que uma dose de 162 mg de extrato de cebola por dia, reduziu significativamente a pressão arterial sistólica em 3-6 mmHg.

No ensaio clínico Efeitos do consumo de cebola roxa crua nas características metabólicas em mulheres com sobrepeso ou obesas com síndrome dos ovários policísticos, realizado com 54 pessoas do sexo feminino, revelou que o consumo de cebolas vermelhas cruas (40-50 gramas / dia), durante 8 semanas, reduziu o LDL total e o colesterol “ruim”.

Ajuda a controlar o açúcar no sangue

A pesquisa a respeito dos Potenciais preventivos e terapêuticos de antocianinas no diabetes e complicações associadas, aponta para o fato da cebola contribuir para o controle da diabetes.

A ingestão da cebola pode ajudar no controle do açúcar no sangue, beneficiando pessoas com diabetes ou pré-diabetes.

Um Estudo preliminar dos efeitos hipoglicêmicos clínicos de Allium cepa (cebola vermelha) em pacientes diabéticos tipo 1 e tipo 2, envolvendo 42 pessoas, mostrou que comer 100 gramas de cebola roxa fresca, em jejum em cerca de 40 mg / dl, após quatro horas, reduziu os níveis de açúcar no sangue.

E mais uma vez, a quercetina é uma das responsáveis por essa propriedade da cebola, o que foi demonstrado na análise O potencial antidiabético da quercetina: mecanismos subjacentes, que constatou a interação positiva desse antioxidante com as células do pâncreas, fígado e intestino delgado, controlando a regulação do açúcar no sangue.

Cebola contém compostos anticâncer

As antocianinas contidas na cebola, protegem contra vários tipos de câncer é o que diz o estudo-> Efeitos das antocianinas na prevenção e tratamento do câncer.

Outros vários estudos apontam para a propriedade anticâncer da cebola que se deve também aos compostos contendo enxofre e aos antioxidantes flavonoides encontrados nos vegetais do gênero Allium.

A cebola contém a onionina A, um composto constituído de enxofre, cujas propriedades antitumorais foram comprovadas no estudo: A cebola A, um composto contendo enxofre isolado de cebolas, prejudica o desenvolvimento do tumor e a metástase pulmonar ao inibir as funções protumorais e imunossupressoras das células mieloides.

Esse estudo comprovou que esse composto é capaz de reduzir o desenvolvimento do tumor e retardar a disseminação do câncer de ovário e de pulmão.

propriedade anticâncer da cebola também deve-se  ao fato dela conter fisetina e quercetina, antioxidantes flavonoides que têm a capacidade de inibir o crescimento do tumor.

Mais um estudo sobre o gênero AlliumAlho e cebola: suas propriedades de prevenção do câncer, demonstraram o poder destes vegetais em reduzir o risco de certos tipos de câncer.

Uma revisão de 26 estudos sobre a Ingestão de vegetais de Allium e câncer gástrico: um estudo de caso-controle e meta-análise, mostrou que as pessoas que ingeriram  a maior quantidade de vegetais Allium tiveram 22% menos probabilidade de desenvolverem câncer de estômago, em comparação com aquelas que consumiram a menor quantidade.

Outra revisão de 16 estudos em 13.333 pessoas, sobre Câncer colorretal e pólipos adenomatosos em relação à ingestão de vegetais allium: uma meta-análise de estudos observacionais, mostrou que os participantes que ingeriram mais cebola tiveram um risco 15% reduzido de câncer colorretal, em comparação com aqueles com ingestão mais baixa.

Mais comprovações do poder anticancerígeno da cebola, confira nos conteúdos:

É antibacteriana

Os compostos contidos na cebola possuem propriedades antibacterianas, podendo combater bactérias potencialmente prejudiciais à saúde, como: Staphylococcus aureus,  Escherichia coli Pseudomonas aeruginosa e Bacillus cereus.

O Estudo sistemático de compostos ativos como agente antibacteriano e antibiofilme em cebolas envelhecidas constatou que o extrato de cebola tem a capacidade de inibir, por exemplo, o crescimento de Vibrio cholerae, uma bactéria que é um grande problema para a saúde pública no mundo atual.

O experimento sobre Atividades antibacterianas e antioxidantes dos produtos de oxidação da quercetina da casca da cebola amarela (Allium cepa) demonstrou que essa substância inibiu o crescimento das bactérias Helicobacter pylori Staphylococcus aureus.

É digestiva e boa para flora intestinal

Além de tudo, a cebola é fonte de fibras e prebióticos, componentes fundamentais para a saúde intestinal.

As fibras ajudam para uma boa digestão e os prebióticos servem como alimentos para as bactérias intestinais benéficas, que criam ácidos graxos de cadeia curta, ajudando na manutenção da saúde.

O estudo relacionado com O papel dos ácidos graxos de cadeia curta na saúde e na doença, mostra a importância desses componentes para o equilíbrio do corpo.

A cebola como fonte rica de prebióticos, beneficia a saúde digestiva e o equilíbrio bacteriano no intestino.

Boa para a saúde óssea

Uma alimentação rica em prebióticos pode melhorar a absorção de minerais importantes como o cálciofavorecendo a saúde óssea. É o que confirma o estudo Prebióticos, probióticos e simbióticos afetam a absorção de minerais, o conteúdo mineral ósseo e a estrutura óssea.

A propriedade antioxidante da cebola também contribui para a saúde óssea. Isso foi verificado na pesquisa sobre O consumo de suco de cebola modula o estresse oxidativo e atenua o risco de doenças ósseas em indivíduos saudáveis de meia-idade e pós-menopausa.

Essa pesquisa foi feita em 24 mulheres de meia-idade e pós-menopausa, e revelou que aquelas que consumiram 100 ml de suco de cebola, diariamente por oito semanas, apresentaram melhora na densidade mineral óssea e na atividade antioxidante.

Outro estudo relacionado, A associação entre o consumo de cebola e a densidade óssea em mulheres brancas não hispânicas na perimenopausa e na pós-menopausa, com 50 anos ou mais, realizado em 507 pessoas do sexo feminino, revelou que aquelas que comeram cebolas, pelo menos 1 vez por dia, apresentaram uma densidade óssea geral 5% maior do que aquelas que comeram uma vez por mês ou menos.

Alimento de baixa caloria e fonte de vitaminas

A cebola média possui 44 calorias, por isso é um alimento que favorece a boa forma.

Além disso, contém os seguintes nutrientes que a ciência reconhece serem de suma importância para a saúde:

É um alimento acessível, versátil econômico e popular

Esses benefícios nem precisam de comprovação científica, não é mesmo?

Há muito tempo a cebola é a estrela de várias receitas culinárias tradicionais, no mundo inteiro.

É indispensável como tempero e ainda pode ser usada em:

Usos medicinais: remédios caseiros com cebola

cebola-cura

Em cortes rasos

Cebolas são eficazes para desinfeção e cicatrização de cortes rasos na pele. Basta você colocar, imediatamente, sobre a área machucada uma fatia de cebola. A cebola crua prevenirá qualquer infecção deixando a ferida limpa. Em seguida, cubra o machucado com um pedaço da casca de cebola segurando-o com um esparadrapo. Mantenha esse tratamento pelo tempo que considerar necessário até a cicatrização trocando-o regularmente.

Se o corte for profundo, estanque o sangue primeiro e vá para o pronto-socorro para suturar a lesão.

Nas febres

Fatie algumas batatas e corte uma cebola ao meio. Encha com essas um par de meias e calce deixando os vegetais pressionados contra a sola do pé.

É um remédio caseiro antigo. A febre deverá baixar em pouco tempo.

Para dor de ouvido e remoção de cera

Se estiver com dor de ouvido, abra uma cebola sem cortar o miolo, coração, que é íntegro e duro. Este você porá dentro do ouvido que dói, delicadamente, sem empurrar. Faça isso antes de deitar para dormir. Os líquidos da cebola reduzirão a inflamação, desinfetarão o canal auditivo e também amolecerão o excesso de cera do seu ouvido. Se você tem, frequentemente, entupimento de ouvido por acúmulo de cera, use esse método como rotina, uma vez por semana, e verá que o problema deixará de ocorrer.

Nos resfriados

Cebola é ótima para quando se está resfriado. Aí o remédio é comer uma cebola crua. Vai aliviar a garganta, reduzir a coriza e você se sentirá melhor. A cebola roxa é mais suave e saborosa então, mais fácil de se comer.

Você também pode fazer “água de cebola”, “mel de cebola”, “infusão de cebola”, que têm os mesmos bons resultados.

Nas queimaduras

Se você tiver se queimado na cozinha, corte meia cebola e aplique-a diretamente no local. Deixe-a sobre a queimadura até a dor diminuir. Os líquidos da cebola, ao mesmo tempo que mantêm a hidratação da pele, a refrescam, desinfetam e ajudam na cicatrização.

Na tosse

O xarope de cebola é excelente para tratar a tosse não produtiva, de irritação de garganta, mas também a tosse catarral.

Descasque uma cebola e corte-a em pedaços grandes. Junte tudo em um vidro e acrescente açúcar mascavo ou mel até cobrir os pedaços de cebola. Feche o vidro e deixe macerando o conteúdo por pelo menos 6 horas. Refaça o xarope a cada 2 dias, guarde o vidro na geladeira para não fermentar. Tome uma colherada desse xarope de 3 a 4 vezes ao dia.

Na irritação dos olhos

É justamente o ardido da cebola, que nos faz chorar, que será o remédio para a irritação nos olhos resultante de algum cisco, poeira ou coisa assim. Esprema um pedaço de cebola em um algodão e passe sobre o olho irritado no sentido do saco lacrimal. Ou, simplesmente corte uma cebola, se você for daquelas que chora mesmo.

Picada de insetos

Corte uma cebola, tire um pedaço e coloque sobre o local. A ação anti-histamínica da cebola vai reduzir o ardor, a queimação da picada de inseto. Se preferir, rale um pouco da cebola e coloque essa porção, mais úmida. Proteja o curativo com uma gaze e troque-o de tempos em tempos.

Aqui neste site você também encontrará receitas específicas da medicina popular brasileira para uso da cebola, com as dosagens recomendadas, em infusão, decocção e macerado em vinho, diferentes para cada tipo de doença que se pretende tratar.

Cebola em casa

Se você já gostava de cebola, agora tem ainda mais motivos para não esquecer de incluí-la nas refeições diárias.

E que tal cultivá-la para ter sempre cebola em casa, e ainda orgânica?

Veja como plantar cebola em:

Não é a toa que além de tudo, a cebola tem simbolismos e significados elevados em diversas culturas das Civilizações Antigas.

De fato, a cebola é um vegetal poderoso e cheio de qualidades!



Fonte: Greenme



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais