Notícias

Células-tronco são promessa de cura para pacientes com doenças degenerativas

Compartilhe:     |  15 de outubro de 2014

O transplante de células-tronco ajudou a restaurar a visão de pacientes sofrendo de uma forma de cegueira incurável, segundo um estudo publicado na revista “Lancet”. Dezoito pacientes com degeneração macular relacionada à idade (DMRI) ou distrofia macular de Stargardt fizeram parte de um teste que durou três anos, e nesta semana cientistas anunciaram que os transplantes foram bem sucedidos, revelando que dez entre os 18 tiveram melhora significativa na visão.

A descoberta traz esperança para mais milhares de pessoas que sofrem do problema e foi considerada um grande avanço pelos cientistas.

— Nossos resultados sugerem que a técnica é segura e marca um passo importante no uso de células-tronco no tratamento de vários transtornos — afirmou Steven Schwartz, um dos coordenadores do estudo pelo Instituto da Visão Jules Stein, em Los Angeles.

Ainda não há tratamentos eficientes para estes distúrbios, que podem levar à completa cegueira causada pela perda de células fotorreceptoras na retina.

As células-tronco embrionárias têm o potencial de se tornarem qualquer tipo de célula do corpo, mas o transplante é complicado por uma série de razões, como o risco de formação de tumor e de rejeição do sistema imunitário, segundo o professor Robert Lanza, da empresa americana Advanced Cell Technology, que financiou o programa.

— Com isso, lugares que não produzem uma forte resposta imunitária, como o olho, se tornaram as primeiras partes do corpo humano a se beneficiar da tecnologia — afirmou.



Fonte: O Globo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Cadela cega explorada para reprodução é salva e se torna amiga de menino com deficiência

Leia Mais