Notícias

Cientistas chineses descobrem espécie de dinossauro com ‘asas de morcego’

Compartilhe:     |  2 de maio de 2015

Uma espécie de dinossauro até então desconhecida, com asas parecidas com as de morcegos, foi descoberta por cientistas chineses, que o batizaram de Yi qi, ou “asa estranha”, em chinês. A espécie, descrita na edição desta semana da revista científica “Nature”, dá pistas sobre como as antigas criaturas que habitavam o planeta podem ter evoluído para se tornar aves.

De acordo com o estudo do fóssil encontrado há dez anos na província de Hebei, a espécie existiu durante pouco tempo há cerca de 160 milhões de anos, no chamado Período Jurássico da Terra. Contrariando o que a maioria das pessoas pensa sobre dinossauros, esse era um animal bem pequeno. Pesava 230 gramas e media 63cm.

Em entrevista à emissora de TV americana “CNN”, o paleontólogo Xu Xing, autor da pesquisa, os restos fossilizados do dinossauro sublinham a complexidade da evolução. Trata-se, de acordo com ele, de um dos primeiros dinossauros a mostrar alguma capacidade de voo, ainda que não muito bem sucedido nesse aspecto. Ele voava curtas distâncias, provavelmente planando.

Suas asas, diferentemente das asas de outros dinossauros, era feita de membranas, como as de um morcego, em vez de composta por penas. Xu Xing diz que o animal não se tornou um pássaro. É como se ele tivesse “tentado”, mas “fracassado”.

“Esse é um dos animais mais estranhos que eu já vi em registros de fósseis”, disse o paleontólogo Thomas Holtz Jr, da Universidade de Maryland, em entrevista à “Nature”. “Está levantando mais questões do que respondendo”.



Fonte: O Globo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais