Notícias

Cientistas criam a “árvore eólica” que utiliza turbinas para gerar energia

Compartilhe:     |  2 de dezembro de 2014

Uma equipe francesa de engenheiros desenvolveu uma árvore artificial que pode gerar eletricidade através da utilização do vento.

“Tive essa ideia em uma praça, quando vi as folhas balançando, mesmo sem um sopro de ar”, disse Jérôme Michaud-Larivière, o fundador da start-up parisiense que irá comercializar a árvore até 2015.

O projeto usa minúsculas lâminas alojadas nas “folhas” que se transformam com o vento, independentemente de sua direção, de forma silenciosa.

Depois de três anos de pesquisa, a equipe de engenheiros desenvolveu um protótipo de quase 8 metros de altura, instalado em Bretanha, no noroeste da França. Eles esperam que a árvore possa ser usada nas casas das pessoas e em centros urbanos.

A árvore, que será vendida em valores que se aproximam de R$ 95 mil, pode gerar eletricidade diária dobrada em relação a uma turbina eólica convencional, pois pode gerar energia através de ventos de apenas 7,2 km/h.

Michaud-Lariviere disse que a árvore – que ainda não foi testada por um laboratório independente – é rentável quando capta, em média, ventos de 12,5 km/h, em um período anual.

Ele espera que a árvore possa ser usada para explorar pequenas correntes de ar que fluem para a cidade ao longo dos edifícios e ruas, podendo alimentar, por exemplo, lâmpadas de LED urbanas ou até mesmo uma estação de carregamento para carros elétricos.

Ele admite que existem ventos mais consistentes no ar, mas eles exigem “máquinas monstruosas”, longe de onde a energia é consumida.

Espera-se que a árvore possa ser combinada com outros meios de geração de energia, como a energia fotovoltaica e geotérmica, aparelhadas com os edifícios energeticamente eficientes.

No futuro, Michaud-Larivière espera desenvolver uma “árvore perfeita, com folhas de fibras naturais, raízes que poderiam gerar energia geotérmica e casca coberta com células fotossensíveis.

 



Fonte: Jornal Ciência



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Considere aspectos individuais antes de sacramentar vínculo com animal de estimação

Leia Mais