Notícias

Cientistas descobrem fóssil de criatura do fundo do mar com 18 tentáculos

Compartilhe:     |  9 de abril de 2019

Um estudo publicado na revista Current Biology descreve uma criatura que viveu há 518 milhões de anos e tinha 18 tentáculos. O animal foi descoberto há cerca de uma década na província de Yunnan, na China.

Um dos pesquisadores responsáveis pela descoberta, o paleontólogo Jakob Vinther, da Universidade de Bristol, no Reino Unido, explica que viu pela primeira vez o fóssil durante uma visita ao laboratório de palobiologia da Universidade de Yunnan.

“Tive a sorte de ver o fóssil, que dá uma visão quase em 3D do aspecto do animal”, disse Vinther em entrevista ao site Business Insider.

Batizada de Daihua sanqiong, a criatura tem pêlos grandes chamados de cílios que provavelmente eram usados para atrair e capturar presas. De acordo com o estudo, esses pelos podem indicar que o animal é um ancestral de outras criaturas do fundo do mar, como a geleia do mar, por exemplo.

Geléia do mar, possível ancestral da criatura Daihua sanqiong (Foto: Tracie Hall Flickr/ CC)

Conhecidas como “bolhas gelatinosas”, as geleias do mar não possuem esqueleto mas, como explica Vinther, são criaturas extremamente inteligentes em caçar outros animais. Os cílios desses animais são extremamente importantes para se movimentar no mar. “Esses cílios têm até 2 milímetros de comprimento e são os maiores cílios conhecidos em qualquer animal”, explica Vinther.

Os pesquisadores agora trabalham com a hipótese que essas geleias “evoluíram de algo que ficava no fundo do mar com tentáculos, como as anêmonas”, conta Vinther. De acordo com o Instituto Smithsonian, dos Estados Unidos, as geleias do mar existem há pelo menos 500 milhões de anos.



Fonte: Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Receitas de Biscoitos Saudáveis para Cachorros

Leia Mais