Notícias

Cientistas descobrem nova maneira de comparar a idade do cão com a idade humana

Compartilhe:     |  25 de novembro de 2019

Para fazer a correspondência da idade de nosso amigo de quatro patas com a nossa, estamos habituados com a regra do multiplicar a idade do animal por por sete, mas essa conta não é correta, segundo nova pesquisa.

Como exemplo, os cães atingem a puberdade por volta de 10 meses. Usando isso como base fica claro que a multiplicação por 7 não pode funcionar bem, pois o ser humano não se encontra na mesma fase aos 6 anos de idade.

Outra comparação das fases entre um cão e um humano é que um cachorro pode viver até 20 anos ou mais, enquanto um ser humano dificilmente poderá atingir a idade de 140 anos.

Com esses exemplos, multiplicar a idade de nosso cão por sete – apesar de ajudar a traduzir uma estimativa aproximada da idade canina com aquela humana – é um método de resultado falho em vários aspectos.

A nova fórmula de comparação

Segundo cientistas dos Estados Unidos, em um estudo da Universidade de San Diego-Califórnia – EUA, publicado no site científico BioRxiv, há uma maneira melhor de fazer a correspondência entre a idade canina e o tempo de vida humano. De acordo com eles, a nova fórmula é mais precisa.

Estes cientistas criaram uma calculadora de idade dos cães, com base na análise do DNA dos animais. Esse cálculo nasceu enquanto os pesquisadores estudavam fatores relacionados ao envelhecimento dos cães.

Eles se concentraram no estudo do DNA porque à medida que envelhecemos, nosso DNA sofre alterações químicas que podem ser usadas como uma espécie de relógio genético, e fornecem informações sobre o desgaste do organismo e o aparecimento de algumas doenças.

Estes cientistas analisaram os processos de metilação do DNA (o acréscimo de moléculas de metil ao DNA) nos genomas de 104 cães de raça pura, com idades entre 4 semanas e 16 anos, observando notáveis semelhanças coma metilação do DNA em humanos.

Embora cães e humanos tenham muitas diferenças, com esse estudo foram notadas várias semelhanças entre as duas espécies e isso pode ter relação com o fato desse animal compartilhar o mesmo ambiente com o humano, e ter necessidade de cuidados de saúde em comum.

Comprovando isso, a pesquisa constatou semelhanças entre em cães e humanos jovens e o mesmo aconteceu comparando cães e humanos mais velhos.

Com base nessas comparações os cientistas chegaram a uma fórmula que permite aproximar a idade dos cães à dos humanos:

Idade humana = 16 x Ln (idade do cão em anos) + 31

A sigla In que é utilizada nessa regra significa logaritmo natural, pois, no caso da nova fórmula, a associação dos anos de cães em anos humanos não é linear, mas sim baseada no logarítmico natural de x:

ln x = log e x = y

Como usar a nova fórmula

Em suma, é preciso obter o logaritmo natural da idade do animal de estimação em anos, que pode ser encontrado através desta –> CALCULADORA.

Passos do cálculo da nova fórmula

Para realizar o cálculo da nova forma, você deverá seguir as seguintes etapas:

  1. Entrar no site da calculadora científica e colocar a idade de seu cão. Com isso saíra um número enorme, então, para facilitar o cálculo é melhor arredondar.
  2. Feito isso, utilizando uma calculadora, ou de cabeça mesmo, multiplique o valor obtido por 16
  3. A seguir, some 31
  4. O resultado final dessa operação é o equivalente aproximado à idade do cão em anos humanos.

Exemplo prático desse cálculo

Segue um exemplo desse cálculo para você ver como ele é na prática:

Se seu cão tiver três anos, o logaritmo natural ficará 10986122887. Para facilitar o cálculo você arredondará para 1,09, em seguida, é só multiplicar esse resultado, que é logaritmo natural da idade do cão, por 16, tendo como resultado 1744, que arredondando fica 17 e, após isso, some este resultado com 31.

Com esse cálculo, você descobrirá que seu amigo canino de três anos comparando à idade humana teria por volta dos 48 anos de idade.

Reportagem sobre essa pesquisa

Veja neste vídeo a reportagem da Band Jornalismo sobre esse novo sistema de correspondência entre idade canina e humana, dando como exemplo de cálculo a idade canina de 4 anos.

Neste exemplo do Jornal Band, o logaritmo natural é 13862943611, então, arredonda-se para 14 e, em seguida, se multiplica por 16, o que dará 220, novamente arredonda-se e fica 22, então, adiciona-se 31 e se chegará ao resultado de 53 anos em idade humana, ou seja, um cão de 4 anos teria 53 anos se fosse um humano.

Qual cálculo você prefere?

Já calculou a idade de seu cão com esse novo método?

Se for para optar o cálculo que você prefere e acha melhor, qual você escolhe?



Fonte: Greenme - Deise Aur



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais