Notícias

Cientistas descobrem o mais antigo aglomerado de galáxias com 13 bilhões de anos

Compartilhe:     |  28 de setembro de 2019

Os astrônomos descobriram um aglomerado de galáxias de 13 bilhões de anos, o mais antigo já observado – revela um documento publicado nesta sexta-feira (27).

Essa descoberta pode conter pistas sobre como o universo se desenvolveu.

“Um aglomerado muito antigo [chamado de ‘protocluster’ pelos astrônomos] não é fácil de encontrar”, declarou Yuichi Harikane, pesquisador do Observatório Astronômico Nacional do Japão, que liderou a equipe internacional, em um comunicado à imprensa.

Veja também“Um ‘protocluster’ é um sistema raro e especial com uma densidade extremamente alta”, disse Harikane, acrescentando que os pesquisadores usaram o amplo campo de visão do telescópio Subaru no Havaí para “mapear uma grande área do céu”.

Uma das 12 galáxias é conhecida como Himiko, uma gigantesca nuvem de gás encontrada em 2009, usando o mesmo telescópio.



Fonte: Exame - AFP



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dia das crianças: não dê animal de presente!

Leia Mais