Notícias

Cientistas encerram contagem das crateras causadas por asteroides na Terra

Compartilhe:     |  29 de junho de 2015

A ciência é vista como uma busca sem fim pelo conhecimento, então não é sempre que pesquisadores anunciam que um problema está resolvido e irão parar de pesquisá-lo. Mas isso é exatamente o que a equipe que conta as crateras causadas por asteroides na Terra fez nesta semana.

Pode parecer fácil encontrar grandes crateras formadas pelo impacto de asteroides, afinal elas são buracos com até 80 quilômetros de comprimento. Mas, ao contrário da Lua ou de Marte, onde não existem condições climáticas adversas para erodir a superfície do planeta, as crateras de asteroides na Terra costumam desaparecer, graças à chuva, vento e outras intempéries.

Existem 128 crateras conhecidas na Terra, maiores do que 6 quilômetros. E, segundo um novo estudo que será publicado na edição de setembro da revista Earth and Planetary Science Letters, qualquer pessoa que esteja procurando por outras crateras está perdendo tempo.

A equipe da Universidade de Freiburg, na Alemanha, afirma que o número de crateras descobertas bate com o número das que devem existir, baseado na média dos impactos e taxa de erosão.

Considerando que o número de crateras descobertas e o número de crateras previstas é igual, os geólogos e os chamados cientistas planetários podem fechar os livros e procurar outros mistérios geológicos do planeta.

 



Fonte: Info - Science



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais