Notícias

Cientistas transformam dióxido de carbono mais uma vez em carvão

Compartilhe:     |  6 de março de 2019

Pesquisadores do Instituto Real de Tecnologia de Melbourne (Austrália) usaram metais líquidos para transformar dióxido de carbono de volta em carvão sólido.

Esse avanço poderia transformar nossa abordagem de captura e armazenamento de carbono, uma vez que a tecnologia oferece um caminho alternativo para a remoção segura e permanente do gás de efeito estufa de nossa atmosfera.

O estudo envolveu a colaboração de pesquisadores da Alemanha (Universidade de Munster), China (Universidade de Aeronáutica e Astronáutica de Nanjing), EUA (Universidade Estadual da Carolina do Norte) e Austrália (Universidade de Nova Gales do Sul, Universidade de Wollongong, Universidade de Monash e Universidade de Tecnologia de Queensland).

O avanço

As tecnologias atuais de captura e armazenamento de carbono concentram-se na compactação do CO2 em uma forma líquida, transportando-o para um local adequado e injetando-o no subsolo.

Mas sua implementação tem sido dificultada por desafios de engenharia, questões relacionadas à viabilidade econômica e preocupações ambientais sobre possíveis vazamentos.

A conversão de CO2 em sólido pode ser uma abordagem mais sustentável. “Enquanto não podemos literalmente voltar no tempo, transformar o dióxido de carbono de volta em carvão e enterrá-lo de volta no solo é como rebobinar o relógio das emissões”, disse o Dr. Torben Daeneke, um dos autores do estudo.



Fonte: Ambiente Brasil - Hypescience



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

5 coisas horríveis que você não sabia que aranhas podem fazer com você

Leia Mais