Evite o Desperdício

Cinco dicas para economizar energia elétrica

Compartilhe:     |  1 de novembro de 2014

A pior seca dos últimos 50 anos pela qual o Nordeste passou em 2013 e a crise do abastecimento de água que São Paulo vem sofrendo não são os únicos problemas ambientais enfrentados recentemente no Brasil. O alto consumo de energia elétrica é outro aspecto que está dando dor de cabeça nos brasileiros e aumentando os riscos de um possível apagão no futuro.

Combater o desperdício de energia elétrica é mais fácil do que parece. Além de contribuir para o adiamento da construção de novas hidrelétricas e ajudar o meio ambiente, você alivia o seu bolso, afinal, a conta de luz acaba ficando (muito) mais barata. Abaixo, listamos 5 dicas para você economizar energia elétrica e deixar sua rotina mais sustentável e econômica. Confira:

Ferro elétrico

A recomendação é usar o ferro de passar roupa uma única vez ao dia e não ligá-lo ao mesmo tempo que vários outros aparelhos. Como os ferros mais novos aquecem mais rapidamente do que esfriam, comece passando as roupas mais pesadas e, além disso, desligue o ferro sempre que for preciso interromper o serviço: você poupa energia e evita o risco de acidentes.

Geladeira/Freezer

Os novos modelos de geladeira gastam muito menos energia que os antigos. Procure comprar um com o Selo Procel de Economia de Energia, garantindo o máximo de eficiência para poupar energia. Realizar o degelo periodicamente, evitar colocar alimentos quentes, fazer a instalação longe de lugares aquecidos e não deixar a porta aberta por um tempo prolongado são procedimentos fundamentais para usar a energia elétrica da melhor forma.

Não demore no banho

Representante de 25% a 35% do valor da conta e um dos aparelhos que mais consome energia, o chuveiro elétrico deve ser evitado durante os horários de maior consumo (das 18h às 19h30 e, no horário de verão, das 19h às 20h30). Tente limitar os banhos a 5 minutos e não esqueça de mudar a chave para a posição “verão” quando não estiver frio. Além de energia elétrica, você economiza água.

Quando não houver necessidade, apague as luzes

Antes de mais nada, comprar a lâmpada correta é crucial para ajudar o meio ambiente desde já. As lâmpadas fluorescentes consomem menos energia e duram mais do que as convencionais. De acordo com a CPFL Energia (Companhia Paulista de Força e Luz), pintar as paredes e tetos internos com cores claras para refletir melhor a luz e evitar o uso da claridade artificial durante o dia economiza cerca de ⅔ de energia e oferece uma durabilidade de 5 a 10 vezes maior para as lâmpadas.

Televisão, computador, notebook…

Evite dormir com a televisão ligada e desligue-a sempre que não estiver assistindo. Como o computador é um aparelho que gasta bastante energia, alguns modelos contam com o modo “economia de energia”, que hiberna o aparelho depois de certo tempo sem ser utilizado. O protetor de tela é um recurso que também poupa e preserva o desgaste do monitor. Outra dica importante é manter a impressora, o scanner e a caixa de som desligados da tomada quando não estiverem em uso.

Pequenos atos geram grandes resultados. Não deixe de fazer a sua parte, toda ajuda é sempre válida e muito bem-vinda! ^^

Autoria: Aline Matos, da Plataforma Conversion.

Fonte: Diário do Verde



Fonte:



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Gatos: dicas de cientistas para cuidar bem do seu pet

Leia Mais