Notícias

Cinco meses após primeira aparição, fragmentos de óleo ainda são encontrados em praias de PE

Compartilhe:     |  30 de janeiro de 2020

Cinco meses após a primeira aparição do óleo que atingiu mais de mil praias no Nordeste e Sudeste, fragmentos da substância ainda são encontrados no litoral de Pernambuco. Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do estado, há restos do produto em localidades em rochas e recifes, no Cabo de Santo Agostinho, no Litoral Sul.

Em Pernambuco, manchas de óleo foram localizadas em 48 localidades e em oito rios. Ao todo, 13 municípios registraram danos. Foram coletados, desde agosto de 2019, 1.650 toneladas de resíduos.

Segundo a secretaria, os fragmentos de óleo persistem grudados em rochas e em recifes de arenitos. Na última sexta-feira (24), foi realizada uma vistoria na praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, uma das cidades mais afetadas pela substância. No local, ainda havia óleo, em pequena quantidade.

Caranguejos em cima de óleo em mangue no Litoral de Pernambuco — Foto: Clemente Coelho Júnior/Reprodução

Caranguejos em cima de óleo em mangue no Litoral de Pernambuco — Foto: Clemente Coelho Júnior/Reprodução

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, é necessário realizar um trabalho de remoção minucioso, feito por uma equipe técnica especializada. Essa ação, disse ele, precisa ser contratada em consonância ao que diz o Plano Nacional de Contingência para Incidentes de Poluição por Óleo.

O plano é de responsabilidade do poluidor ou do governo federal, quando não há a identificação do autor do crime ambiental, que é o caso. O secretário informou que será solicitado à União a conclusão do trabalho de remoção de “significativa quantidade de resíduos encontrados nas pedras, que podem contaminar a praia e a fauna marinha”.

A secretaria informou, ainda, que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ficou responsável pela limpeza do local, mas não tem data prevista para a realização das atividades.

Trabalho reminiscente

Ainda segundo o governo, equipes do Comitê de Suporte do Plano Nacional de Contingência (PNC) identificaram três locais como pontos de término das ações de limpeza: estuário do Rio Massangana, no Cabo; Atapuz, em Goiana; praia do Janga, em Paulista.

Todas as 1.650 toneladas de resíduo oleoso recolhidas nas praias, rios e estuários de Pernambuco foram levadas ao Ecoparque Pernambuco, em Igarassu, no Grande Recife. Seguindo as recomendações do Ibama, se considera que as praias estão limpas quando os pontos de término foram alcançados e as ações alcançaram seus objetivos.

Esses pontos de término são estabelecidos com critérios como praia com valor turístico ou praia de recreação, tendo:

  • Sem manchas ou óleo esparso
  • Sem pelotas de óleo maiores que 5 milímetros nos 10 centímetros de camada superior da areia da praia
  • Não mais que cinco pelotas menores que 5 milímetros por metro quadrado de praia
  • Sem faixas contínuas de óleo enterrado
  • É aceitável a presença de algumas pelotas enterradas a mais de 10 centímetros de profundidade

Confira a relação de locais atingidos

Goiana

  • Catuama
  • Ponta de Pedras
  • Ilha de Itapessoca
  • Praia de Forte Orange
  • Enseada dos Golfinhos
  • Praia de Jaguaribe
  • Praia do Pilar
  • Sossego
  • Pontal da Ilha de Itamaracá
  • Conceição
  • Nossa Senhora do Ó
  • Janga
  • Maria Farinha
  • Pau Amarelo
  • Praia de Dell Chifre
  • Candeias
  • Piedade
  • Barra de Jangada
  • Boa Viagem
  • Ilha Cocaia
  • Itapuama
  • Pedra de Xaréu
  • Porto de Suape
  • Praia de Suape
  • Praia do Paiva
  • Praia de Gaibu
  • Ilha do Amor
  • Enseada dos Corais
  • Porto de Galinhas
  • Praia de Gamboa
  • Nossa Senhora do Ó
  • Muro Alto
  • Pontal do Cupe
  • Praia do Cupe
  • Merepe
  • Pontal de Maracaípe
  • Aver o Mar
  • Guaiamum
  • Ilha de Santo Aleixo
  • Barra de Sirinhaém
  • Praia de Sirinhaém
  • Carneiros
  • Tamandaré
  • Boca da Barra
  • Praia da Pedra
  • Reduto
  • Mamucabinhas
  • Praia de São José da Coroa Grande

Rios

  1. Rio Persinunga
  2. Rio Mamucabas
  3. Rio Una
  4. Rio Formoso
  5. Rio Maracaípe
  6. Rio Massangana
  7. Rio Jaboatão
  8. Rio Jaguaribe


Fonte: G1 PE



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

PETA quer banir o uso do termo “animal de estimação” por ser depreciativo para os animais

Leia Mais