Notícias

Colômbia: o primeiro país da América Latina a proibir testes de cosméticos em animais

Compartilhe:     |  20 de agosto de 2020

O presidente da Colômbia, Iván Duque, acaba de aprovar a Lei 2.047 que proíbe testes de produtos cosméticos em animais.

Com esta lei, a Colômbia passa a ser um dos quase 40 países do mundo que já aboliu o uso de animais em testes cosméticos, sendo o primeiro da América Latina. 

A lei também restringe a importação e a comercialização de produtos cosméticos testados em animais e entrará em vigor em 2024. Para que seja cumprida, o governo criará incentivos para os laboratórios e instituições científicas nacionais desenvolverem métodos alternativos aos testes em animais para cosméticos.

Mas infelizmente, ainda existem brechas nessa lei, devido a duas exceções: 

Contudo, a organização internacional Animal Defenders considera a aprovação dessa lei um avanço que poupará o sofrimento de um número incontável de animais.

De acordo com essa ONG, esses testes incluem doses tóxicas repetidas de produtos para observar efeitos tóxicos a longo prazo. Para isso, os animais podem ser forçados a inalar, ingerir ou ainda ter esses produtos aplicados na pele, expondo-os a sofrimentos extremos em testes desnecessários e pouco confiáveis. 

Ademais, já existem métodos alternativos que evitam o problema das diferenças entre as espécies em sua reação às substâncias, gerando resultados enganosos. O uso da  tecnologia avançada possibilita isso, e produz resultados eficazes para os humanos.

Jan Creamer, presidente da Animal Defenders International vê a aprovação dessa lei como um passo histórico que pode influenciar outros países da América Latina:

“Obrigado, Colômbia, por liderar o caminho na América Latina, esperamos ver outras nações tomarem medidas semelhantes” disse ele:

E nós, do GreenMe, também fazemos votos que mais nações acabem com os testes em animais!



Fonte: GreenMe - Deise Aur



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

“Comida de humanos” pode até matar os pets! Veja os riscos dessa prática

Leia Mais