Notícias

Com ajuda de reciclagem, artesão cria ‘casa mística’ e faz sucesso no interior do Acre

Compartilhe:     |  9 de abril de 2021

O estilo e personalidade de Francisco de Oliveira, de 64 anos, ganharam forma nas paredes da casa onde mora em Tarauacá, no interior do Acre. É impossível passar pela Travessa Gonçalo Rodrigues de Lima, no bairro Corcovado, e não ter os olhos atraídos pela casa de dois andares coberta de muita cor e muita arte, com enfeites e muita luz, que remetem a um certo esoterismo.

Além das pinturas extravagantes, muitas com traços indígenas, a decoração conta com vários fundos de latas de cerveja que imitam pontos de luz. Ele também usa os recursos naturais, como pedras coloridas e sementes achadas na mata para compor o adorno da casa. De noite, a junção deixa tudo mais iluminado.

Ele estima que tenha usado cerca de 10 mil latas de cerveja que seriam jogadas no lixo na ornamentação da casa.

Aprendeu sozinho

Autodidata, ele conta que planejou a casa sozinho e vem executando o plano há cerca de quatro anos. Oliveira conta que tinha uma casa às margens do rio, vendeu e decidiu construir tudo do zero.

Apaixonado por artesanato, ele conta que desde pequeno fazia acessórios, como pulseira e colares, mas nunca tinha feito algo maior, como é a sua casa de dois andares e muita simbologia.

“O plano foi meu e quem efetuou fui eu. Pretendo fazer mais coisas, além disso, eu sempre vou mudando. Se você tirar uma foto dela agora, quando você vier de novo, ela já não vai tá mais igual”, conta.

Além dele, na casa moram a mulher e o neto dela. O autônomo conta que ele se inspirou na arte que sempre admirou e aprendeu sozinho, já que não tem formação na área.

Artesão diz que casa preserva a cultura e arte  — Foto: Raimundo Accioly/Arquivo pessoal

Artesão diz que casa preserva a cultura e arte — Foto: Raimundo Accioly/Arquivo pessoal

“Minha inspiração é para poder preservar a cultura, a arte que não se aprende em banco de escola. A arte é um dom, quando a gente não pega ela de criança, pega de adulto e eu aprendi tudo sozinho e consegui fazer minha casa do zero.”

Assim como a parte externa, dentro da casa tem muita cor, textura e luz. À noite, as luzes chamam ainda mais atenção para cada detalhe em seus traços que, segundo ele, saem da imaginação.

‘Arte dentro de mim’

Com dois andares, na parte de cima há dois quartos, embaixo é como se fosse um galpão, caprichado, mas que ainda tem espaço para mais criatividade.

No mesmo terreno, na parte de trás, ele fez ainda um açude e cria alguns bichos. A personalidade e o esoterismo, como dizem alguns vizinhos, também podem ser vistos no estilo do artesão.

Muitas cores são usadas dentro e fora da casa  — Foto: Jardy Lopes/Arquivo pessoal

Muitas cores são usadas dentro e fora da casa — Foto: Jardy Lopes/Arquivo pessoal

Com chapelão, bota, jaqueta jeans meio desabotoada e uma barba comprida, Oliveira até lembra algum dos personagens das músicas de Raul Seixas. Além disso, cultiva um misticismo que alimenta ainda mais a fama dele na cidade de ser enigmático. Como ele mesmo diz, se tornou uma lenda de Tarauacá.

“Eu não me inspiro em nenhum país, em nenhuma cultura específica, é tudo da minha cabeça e é por isso que mudo constantemente. Em toda a minha vida eu admiro a cultura, mas nunca tinha mexido em algo tão grande, mas essa arte existia dentro de mim”, diz.

Claro que tanta cor e criatividade desperta curiosidade, então, segundo ele, é comum as pessoas que passam pela rua pedirem para tirar fotos na frente da casa e até entrar para ver como é por dentro.

“Dizem que a minha casa é uma das mais bonitas do Acre, eu não acho, não me gabo. O que gosto mesmo é de trabalhar e colocar a criatividade pra fora”, pontua ao confirmar que a casa continua em uma eterna obra de arte se moldando à criatividade do seu autor.

Casa chama atenção em bairro de Tarauacá, no interior do Acre — Foto: Jardy Lopes/Arquivo pessoal

Casa chama atenção em bairro de Tarauacá, no interior do Acre — Foto: Jardy Lopes/Arquivo pessoal



Fonte: G1 Acre



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Lei que proíbe piercings e tatuagens em animais é sancionada no Distrito Federal

Leia Mais