Notícias

Cometa tem cheiro de ovos podres e estrume de cavalo, dizem cientistas

Compartilhe:     |  27 de outubro de 2014

Os sofisticados sensores da sonda Rosetta foram capazes de detectar o cheiro do cometa 67P. Segundo cientistas europeus responsáveis por monitorar o satélite, o cometa, também chamado de Churyumov-Gerasimenko, fede como uma mistura de ovos podres, álcool e esterco de cavalo.

O 67P está viajando pelo espaço a 400 milhões de distância do sol, mas este objeto de gelo já começou a liberar moléculas de gás, prontamente detectadas pela sonda europeia, que está orbitando o cometa desde setembro, após uma viagem de 10 anos partindo da Terra até alcançá-o. No dia 12 de novembro, a Roseta se tornará o primeiro equipamento feito pelo homem a pousar, ou mesmo tocar, num cometa.

“O perfume do 67p/C-G é muito forte, com o odor de ovos podres (sulfeto de hidrogênio), estábulo de cavalos (amônia) e o sufocante odor do formaldeído. Tudo misturado com o aroma do cianeto de hidrogênio, que lembra o de avelãs”, descreveu Kathrin Altwegg, chefe do projeto Rosina no centro espacial da Universidade de Bern. “É surpreendente essa química tão rica mesmo a uma distância tão grande do sol”.



Fonte: O Globo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Não há evidências de que o coronavírus possa infectar gatos

Leia Mais