Notícias

Como o consumo de água pode te ajudar a emagrecer – 9 maneiras

Compartilhe:     |  11 de abril de 2020

Desde que era uma criança, você certamente já ouvia conselhos a respeito da importância de beber bastante água todos os dias. Não é para menos: praticamente todos os sistemas do organismo dependem do líquido e os sintomas da desidratação estão aí para mostrar como é prejudicial ao corpo ser privado da água.

A água auxilia o organismo a manter a sua temperatura regulada, a lubrificar e amortecer as articulações, a proteger a medula espinhal e outros tecidos e órgãos do corpo e a livrar-se de resíduos por meio da urina, transpiração e movimentos intestinais, o que alivia a carga sobre os rins e o fígado.

Mas não é somente isso: a água também atua na hidratação de tecidos como a boca, os olhos e o nariz, na prevenção da prisão de ventre, no transporte de oxigênio e nutrientes até as células do organismo e na dissolução de minerais e outros nutrientes para torná-los acessíveis ao corpo.

Além disso tudo, você sabia que a ingestão de água também pode ser uma arma na luta com a balança? Na lista a seguir, você vai aprender maneiras de como incorporar o líquido no dia a dia para obter mais benefícios em relação à perda de peso:

1. Ingerir um copo de água antes do almoço e outro antes do jantar

A dica é consumir o copo de água pelo menos 30 minutos antes de ambas as refeições para que esteja hidratado na hora em que for fazer as refeições. Isso porque os sinais de fome e sede ficam muito próximos no cérebro, o que pode fazer com que a sede seja confundida com a fome.

Resultado: a pessoa corre o risco de comer mais do que o necessário, atrapalhando assim o seu emagrecimento. Já ao chegar bem hidratado ao almoço ou jantar, previne-se que essa confusão ocorra.

2. Consumir um copo de água assim que acordar

Substituir o café, chá, suco ou leite pela água como a primeira bebida ingerida no dia é uma forma de beber mais água e de garantir uma hidratação muito melhor ao organismo que passou uma noite inteira sem ser hidratado.

O ideal é que essa água esteja em temperatura ambiente porque assim ela será mais fácil de ser consumida logo de manhã do que uma água muito gelada.

3. Definir a quantidade de água a ser consumida diariamente

Assim como acontece com tudo que é ingerido, também existe uma quantidade mínima e máxima que deve ser consumida. O teor ideal de água a ser ingerido diariamente varia de pessoa para pessoa, conforme fatores como o clima da cidade em que se vive, a prática de atividades físicas, os outros líquidos e alimentos consumidos, as condições atuais de saúde e o fato de estar grávida ou amamentando.

Geralmente, a recomendação é consumir 35 ml a 40 ml por quilo de peso – por exemplo, isso se traduziria em 2,1 litros a 2,4 litros para uma pessoa que pesa 60 quilos. Entretanto, para checar qual é consumo diário ideal de água para o seu caso em particular, o mais seguro é pedir o conselho do médico ou nutricionista.

4. Ter sempre uma garrafinha de água a tiracolo

Carregar uma garrafa cheia de água por onde for é uma ótima forma de garantir um consumo diário adequado do líquido, uma vez que, dependendo do tipo ou local de trabalho, estudo ou até treino, pode ser difícil ter acesso à água ao longo do dia.

Caso passe boa parte do dia sentado, deixe a garraa sempre à vista na sua mesa – assim você será constantemente lembrado de tomar água. Falando nisso, veja como ficar muito tempo sentado pode acabar com a sua saúde.

5. Flavorizar (saborizar) a água

Muita gente acha meio sem graça tomar a água pura e por isso não costuma tomar tanta água ao longo do dia. Mas existe uma forma de acrescentar um sabor mais agradável ao líquido: basta adicionar ingredientes naturais, pobres em calorias e saudáveis como rodelas de limão, raminhos de hortelã, raminhos de salsa, pedaços de gengibre, casca de maçã, pedaços de morango, pitadas de canela ou pedaços de pepino, por exemplo, em um litro de água.

Aproveite que está por aqui para conhecer receitas de água com sabor. Vale ressaltar, porém, que o acréscimo de ingredientes para adoçar como açúcar e mel à água vai adicionar muitas calorias, o que não é bom para quem tem o objetivo de emagrecer.

6. Sempre beber água após usar o banheiro

A regra aqui é simples de entender: depois de todas as vezes que urinar, consumir um copo de água. Além de usar a urina como um lembrete para tomar água, isso vai ser importante para repor a água que foi eliminada por meio da urina.

7. Colocar alarmes no celular

Para quem vive com o celular por perto ao longo de todo o dia, outra boa estratégia para lembrar-se de beber água constantemente é colocar alarmes para despertar de hora em hora ou de 40 em 40 minutos.

Isso é bastante útil e prático, pois com todos os afazeres do dia a dia fica bem fácil esquecer da água e quando viu, já ficou horas e horas sem ingerir o líquido. Existem ainda os aplicativos para beber água disponíveis para smartphones que permitem organizar e contabilizar a ingestão diária do líquido.

8. Fazer lembretes no papel

Para quem não gosta do barulho do alarme ou não pode deixar o celular fazer barulhos de tempos em tempos, por trabalhar ou estudar em um ambiente que exige silêncio, a alternativa se torna escrever lembretes para beber água em algo como post-its e colá-los na mesa de trabalho, no computador, agenda que usa ao longo do dia, parede, porta ou qualquer outro móvel ou superfície perto de onde você fique.

Outra dica é fazer riscos, desenhos ou outras marquinhas a cada copo de água ingerido, assim você poderá controlar a quantidade de água que está consumindo por dia.

9. Substituir as bebidas calóricas por água sempre que puder

Não consegue fazer uma refeição ou até mesmo lanche sem beber alguma coisa junto? Então, troque o refrigerante, leite, suco, café ou chá açucarado por um copo de água.

Além de hidratar o organismo com maior eficiência, isso será benéfico ao emagrecimento porque resultará em uma redução de calorias, uma vez que o teor calórico da água é nulo.

Com informações do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês) dos Estados Unidos e da Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos.

Vídeo:

Gostou das dicas?



Fonte: Mundo Boa Forma



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dicas para prevenir os resfriados em cães

Leia Mais