Espaço Animal

Comportamento do Cachorro: 5 Problemas Comuns e Como Resolvê-los

Compartilhe:     |  3 de fevereiro de 2019

Resultado de imagem para Comportamento do Cachorro: 5 Problemas Comuns e Como Resolvê-los

Latir, morder, escavar e muitos outros problemas comuns de comportamento do cachorro são frequentemente mal interpretados pelos donos de cachorros. Talvez você seja novo no que se refere à cuidar de um cachorro, mas entender os problemas mais comuns de comportamento do cachorro é o primeiro passo para resolvê-los e preveni-los. Veja como evitar ou controlar melhor esses problemas!

1. Latidos

A maioria dos cães latem, uivam e choramingam até certo ponto. O latido excessivo é considerado um problema de comportamento do cachorro. Mas antes de poder corrigir o latido, determine porque o seu cão está latindo. Estes são os tipos mais comuns de latidos:

Para controlar latidos excessivos, identifique o tipo de latido, seja consistente e paciente.

2. Mastigar objetos

Mastigar é uma ação natural para todos os cães, é apenas uma parte da maneira como eles são conectados. No entanto, a mastigação pode rapidamente se tornar um problema de comportamento do cachorro se ele causar destruição. Os motivos mais comuns pelos quais os cães mastigam são os seguintes:

  • Dentição
  • Tédio ou excesso de energia
  • Ansiedade
  • Curiosidade (especialmente filhotes)

Para resolver o problema incentive seu cão a mastigar as coisas certas, fornecendo muitos brinquedos para mastigar.

comportamento do cachorro

Além disso, mantenha itens pessoais longe do seu cão. Se você pegar o seu cão mastigando a coisa errada, corrija rapidamente o seu cachorro. Em seguida, substitua o item por um brinquedo de mastigar.

Uma das coisas mais importantes que você pode fazer é garantir que o seu cão faça bastante exercício para que ele possa gastar energia e ser estimulado dessa maneira, em vez de se voltar para a mastigação.

3. Micção e defecação inadequadas

A micção e a defecação inapropriadas estão entre os comportamentos mais frustrantes do cachorro. Eles podem danificar áreas da sua casa e fazer com que o seu cão não seja bem-vindo em locais públicos ou nas casas dos outros.

É muito importante que você descarte problemas de saúde e se nenhuma causa médica for encontrada, tente determinar o motivo do comportamento do cachorro, que pode se resumir a um dos seguintes:

  • Micção excitante
  • Marcação territorial
  • Ansiedade
  • Procurando atenção
  • Falta de lugar adequado

A eliminação inadequada é inevitável nos filhotes, especialmente antes das 12 semanas de idade.

4. Morder

Os cães mordem por diversas razões. Filhotes mordem e beliscam outros cães e pessoas como um meio de explorar seu ambiente e aprender seu lugar na matilha.

Além do comportamento do filhote, a motivação para morder ou arrebentar normalmente vem do seguinte:

  • Medo ou defensiva
  • Proteção de propriedade
  • Dor ou doença
  • Afirmação de dominância
  • Instinto predatório

Embora algumas raças sejam consideradas perigosas, muitos acreditam que a raça não é a resposta. Proprietários e criadores são aqueles que podem ajudar a diminuir a tendência de qualquer tipo de cão morder através de treinamento adequado, socialização e práticas de reprodução.

5. Ansiedade de separação

comportamento do cachorro

A ansiedade de separação é um dos problemas de comportamento do cachorro mais comumente discutido.

Os sintomas de ansiedade de separação incluem vocalização, mastigação, micção inadequada e defecação, e outras formas de destruição que ocorrem quando um cachorro é separado de seu dono. Nem todas essas ações são o resultado da ansiedade de separação. Sinais de verdadeira ansiedade de separação incluem:

  • O dog fica ansioso quando o dono se prepara para sair
  • O mau comportamento ocorre nos primeiros 15 a 45 minutos após a saída do proprietário
  • O cachorro quer seguir o dono constantemente
  • O cachorro tenta tocar o dono sempre que possível

A verdadeira ansiedade de separação requer treinamento dedicado, modificação de comportamento e exercícios de dessensibilização. Medicação pode ser recomendada em casos extremos, mas isso deve ser um último recurso.

Próximos passos para resolver o comportamento do cachorro

Se você tentar os métodos acima e seu cachorro não tiver grandes melhorias, então você deve procurar ajuda profissional.
Converse com seu veterinário sobre o comportamento do cachorro. Também é uma boa ideia obter ajuda de um treinador de cães ou de um especialista em comportamento animal. Esses profissionais são experientes com cães como os seus e podem oferecer uma visão valiosa.


Fonte: Portal do Dog - Rodrigo Amar



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Colecionadores de fãs, os siameses são inteligentes, comunicativos e brincalhões. Conheça curiosidades da raça

Leia Mais