Notícias

Conheça o Besouro-de-Ouro: uma Jóia Viva da Natureza!

Compartilhe:     |  10 de fevereiro de 2021

 besouro-de-ouro é um inseto herbívoro e alado, incrível de se ver, que atrai por sua aparência metálica e diferenciada. Uma verdadeira obra-prima da Natureza, que parece mesmo ter sido feita de ouro!

Esse exótico inseto, de nome científico Charidotella sexpunctata, encontra-se distribuído pelas Américas, principalmente na América do Norte, onde vive de forma mais incidente.

Saiba mais peculiaridades sobre esse interessante besouro.

Características

Essa espécie de besouro pertence à família Chrysomelidae, que faz parte da ordem de Coleoptera, que é composta por cerca de 350 mil outras espécies de besouros.

Ele mede de 5 a 7 mm de comprimento, tem um carapaça que lembra uma tartaruga, por isso é conhecido também com o nome de besouro-tartaruga-dourada.

A aparência desse besouro se assemelha à uma joaninha dourada. Se a joaninha dá sorte, imagine essa joaninha dourada?!

Imagem do Besouro-de-Ouro

Veja neste vídeo como é a aparência dessa espécie de besouro:

Acasalamento

No processo de acasalamento, a cor desse besouro sofre variação, principalmente no macho, como forma de atrair a fêmea.

besouro-de-ouro macho muda de tonalidade de cor passando do opaca ao dourado, como forma de sinalizar à fêmea que está pronto para acasalar.

Ao copularem, a tonalidade de cor também passa por variação, indo de dourado para vermelho cintilante.

O “namoro” entre macho e fêmea dessa espécie de besouro pode levar de 15 a 583 minutos.

Reprodução

A fêmea de besouro-de-ouro se reproduz pondo 20 ovos de cor branca, nos caules e na parte debaixo das folhas de plantas, das quais se alimentam.

Após 5 a 10 dias saem as larvas avermelhadas e espinhosas.

Metamorfose

Depois de 2 a 3 semanas, a larva se torna uma pupa marrom espinhosa envolta com os próprios excrementos, oriundos das suas películas e fezes, dando origem à uma estrutura denominada garfo anal, que constitui um escudo fecal de proteção contra a ação de predadores, como por exemplo, as formigas.

Após 1 a 2 semanas, depois da fase de pupa, surgem os besouros em sua forma adulta.

Veja neste vídeo as larvas do besourode-ouro e como é o escudo protetor, que forma uma cobertura dura e móvel, que pode ser girada tanto para cima, como para baixo, com o objetivo de afugentar predadores:

Alimentação

As plantas que são os alimentos favoritos do besouro-de-ouro, são:

Tanto os adultos quanto as larvas se alimentam dessas folhagens.

Mudança de cor

A peculiaridade mais marcante desse inseto é que ele tem a capacidade de mudar de cor, isto se deve ao fato dele ter em seu corpinho uma película transparente, que por debaixo tem uma camada microscópica de líquido avermelhado (fluído), que ao ser afetada por certas alterações e também refletir a luz do ambiente, modifica a tonalidade de sua carapaça.

Isso porque essa camada tem válvulas minúsculas que regulam o nível de umidade desse inseto. Por isso, é bem provável que a mudança de cor esteja atrelada também à hidratação e desidratação de seu corpinho.

Alterações que podem provocar a modificação da cor desse besouro, são:

Em decorrência desses fatores, eles podem passar por variações de tonalidades como:

Mimetismo

Uma curiosidade sobre esse besouro é sua capacidade de mimetismo, que funciona como proteção contra predadores.

O besouro-de-ouro pode imitar a coloração da joaninha, com a finalidade de “enganar” pássaros que não gostam dela como alimento mas, em contrapartida, apreciam ele como refeição. Por isso, este besouro se vale desse mecanismo de defesa.

Estações do ano

Outro fator que pode influenciar na mudança de cor desse besouro são as estações do ano, levando ele a ficar com uma coloração alaranjada no Outono, e no Inverno, com a tonalidade acastanhada.

Instinto de defesa

Além disso, quando se sente perturbado ou ameaçado sua cor muda de dourado para o marrom escuro.

Predadores e parasitas do Besouro-de-Ouro

Assim como acontece com a joaninha, o besouro de ouro está sujeito ao comportamento parasitário de outros insetos, servindo de hospedeiro para os ovos da mosca Eucelatoriopsis dimmocki e da vespa Tetrastichus cassidus.

Existem também os predadores das larvas do besouro de ouro, como a joaninha e diferentes espécies de percevejos.

Lindo e raro de se ver

Além de belo e exuberante, este besouro tem sua importância ecológica, assim como a joaninha e outros insetos, pois mantém o equilíbrio do ecossistema, através de sua interrelação com outras espécies da Natureza.

Além do mais,  ele contribui para a fertilização do solo, através de suas fezes que atuam como adubo natural, fornecendo nutrientes para a terra.

Agora que você sabe mais sobre esse exuberante besouro, deve ter dado curiosidade de conhecê-lo ao vivo e em cores, não é mesmo?

É possível vê-lo em algumas áreas brasileiras, pois embora esse besouro viva de maneira mais concentrada na América do Norte, principalmente Estados Unidos, ele se encontra distribuído pela América do Sul, inclusive no Brasil.

Quem sabe você tenha a sorte de se deparar com essa jóia viva da Natureza?!

Estamos torcendo!



Fonte: GreenMe - Deise Aur



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: dicas e cuidados

Leia Mais