Notícias

Conheça os tipos de poluição que afetam a saúde e o meio ambiente

Compartilhe:     |  19 de março de 2015

A poluição nada mais é que a introdução de substâncias ou de energia no meio ambiente, causando efeito negativo em seu equilíbrio. Ela ocorre naturalmente ou pela ação do homem e causa danos à saúde humana, além de afetar também animais, plantas e todos os seres vivos no ecossistema em questão.

Existem diversos tipos de poluição que são definidos de acordo com os poluentes introduzidos no meio ambiente. Confira os principais tipos de poluição abaixo e veja como se aprofundar a respeito:

Poluição do ar

Também chamada de poluição atmosférica, refere-se à contaminação do ar por gases, líquidos e partículas sólidas em suspensão, material biológico e até mesmo energia. Essas substâncias são chamadas de poluentes atmosféricos e existem em forma de gases ou partículas provenientes de fontes naturais (vulcões e neblinas), ou ainda de fontes artificiais produzidas pelas atividades humanas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a poluição do ar é responsável por mais de sete milhões de mortes por ano no mundo – matando mais que a AIDS e a Malária.

Clique aqui e saiba mais sobre poluição do ar.

Poluição da água

É a contaminação dos corpos d’água por elementos físicos, químicos e biológicos que podem ser nocivos ou prejudiciais aos organismos, plantas e à atividade humana, ou seja, é um problema crítico.

Um fator preocupante desse tipo de poluição é que os lençóis freáticos, os lagos, os rios, os mares e os oceanos são o destino final de todo poluente solúvel em água que tenha sido lançado no ar ou no solo. Dessa forma, além dos poluentes já lançados nos corpos d’água receptores, as águas ainda recebem os poluentes vindos da atmosfera e litosfera (solo).

Clique aqui e saiba mais sobre poluição da água.

Poluição do solo

Ela é causada pela introdução de químicos ou a alteração do ambiente do solo pela ação do homem. Essas substâncias químicas levam à poluição do solo e, direta ou indiretamente, à poluição da água e do ar. Entre esses químicos, os mais comuns são os hidrocarbonetos de petróleo, metais pesados (como o chumbo, cádmio, mercúrio, cromo e arsênio), pesticidas e solventes.

Clique aqui e saiba mais sobre poluição do solo.

Poluição radioativa

Também conhecida como poluição nuclear, é considerada o tipo mais perigoso de poluição devido a seus grandes efeitos negativos. Esse tipo é proveniente da radiação, efeito químico derivado de ondas de energia, seja de calor, luz ou outras formas. A radiação é existente naturalmente no meio ambiente, porém, devido a ações do homem, ela vem sendo liberada em excesso, podendo causar mutações nas células e originar doenças, como câncer. Não existe nenhum processo para limpeza desses poluentes, sendo assim, um lugar uma vez contaminado não pode ser descontaminado. Além disso, os átomos radioativos têm uma durabilidade muito longa – o plutônio, por exemplo, apresenta como tempo de meia vida cerca de 24.300 anos.

Clique aqui e saiba mais sobre a poluição radioativa.

Poluição térmica

É pouco conhecida por não ser facilmente observável (ela não é visível ou audível), mas seu impacto é considerável. Ela ocorre quando a temperatura de um meio de suporte de algum ecossistema (como um rio, por exemplo) é aumentada ou diminuída, causando um impacto direto na população desse ecossistema. A poluição térmica do ar, embora menos comum, também pode provocar danos ambientais. A liberação de vapor de água por uma indústria em uma área com pouca dispersão do ar pode ocasionar a morte de pássaros, insetos e plantas.

Clique aqui e saiba mais sobre a poluição térmica.

Poluição visual

É o excesso de elementos visuais criado pelo homem que estão, na maioria das vezes, espalhados em grandes cidades, e acabam promovendo certo desconforto visual e espacial. Ela pode ser causada por anúncios, propagandas, placas, postes, fios elétricos, lixo, torres de telefone, entre outros. Esse tipo de poluição está muito presente nos grandes centros urbanos pelas grandes quantidades de anúncios publicitários e sua falta de harmonia com o ambiente, desviando exageradamente a atenção dos habitantes.

Clique aqui e saiba mais sobre a poluição visual.

Poluição luminosa

Trata-se do excesso de luz artificial emitida pelos grandes centros urbanos. Pode ser emitida de diversas formas, como por luzes externas, anúncios publicitários e, principalmente, pela iluminação pública. A poluição luminosa afeta nossa saúde e os ecossistemas, tornando-se um grande prejuízo para todos.

Clique aqui e saiba mais sobre a poluição luminosa.

Poluição sonora

Ela é um dos maiores problemas ambientais nos grandes centros urbanos. Ocorre quando o som altera a condição normal de audição em um determinado ambiente. Embora não se acumule no meio ambiente como outros tipos de poluição, ela causa vários danos ao corpo e à qualidade de vida das pessoas e, por isso, ela é considerada um problema de saúde pública mundial.

Clique aqui e saiba mais sobre a poluição sonora.



Fonte: Equipe eCycle



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dicas para cuidar da coluna do pet

Leia Mais