Notícias

Conheça quatro benefícios do yoga para a vida em quarentena

Compartilhe:     |  19 de julho de 2020

Olá! Muitas coisas mudaram nos últimos tempos, não é? E na verdade muitas coisas vêm ainda mudando. E irão ainda mudar. E eu me pego, no meio da pandemia que insiste em continuar, percebendo o yoga crescer, ser mais conhecido por pessoas através das redes sociais e ajudar mais gente a cada dia a conviver com a busca do equilíbrio no desequilíbrio constante. Pesquisas feitas pelo Yoga Alliance (Aliança do Yoga, uma organização profissional e de associação sem fins lucrativos sediada nos EUA para professores de yoga) revelam que de 2008 a 2016, o número de praticantes de Yoga duplicou, passando de 15.8 milhões para 36.7 milhões no mundo. E agora durante a pandemia, em alguns países, são relatados aumentos de até 200% no número de pessoas adeptas da prática. Mas por que isso acontece? Afinal de contas, quais são esses benefícios gerados pelo yoga e que atraem tantas pessoas, e tão diferentes entre si, nesse momento?

Segundo Adriana Camargo, a prática do yoga sempre leva a um aumento qualidade de vida — Foto: Acervo pessoal

Segundo Adriana Camargo, a prática do yoga sempre leva a um aumento qualidade de vida — Foto: Acervo pessoal

A forma de yoga que geralmente nos é primeiramente apresentada assemelha-se, à primeira vista, a uma prática física. Mas o yoga transcende isso. Ele é uma maneira de levar a vida e, se pararmos para pensar, todos nós já temos praticado desde antes de nascer. Dentro da barriga, já nos espreguiçarmos, ficamos na postura da criança e, ao nascermos e respirarmos, fazemos a respiração completa. Já maiores, nós nos acocoramos e alongamos a coluna como um gato ou ficamos na postura do cachorro para cima e para baixo. Todos vemos bebês e crianças de todas as idades fazendo alguma forma de yoga durante o dia.

E o yoga sempre funciona para todos, em todas as faixas etárias e em todas as profissões. A prática sempre leva a um aumento qualidade de vida. Talvez seja essa a razão da sua redescoberta por muitos nesse momento. Então se você acha que o yoga é apenas se contorcer ou se equilibrar de formas estranhas e diferentes, está na hora de repensar esse conceito. O yoga é muito mais do que uma prática de posturas (ou Asanas). Com seu nome derivado da palavra sânscrita “yuj”, que significa “unir ou integrar”, o yoga é um conjunto de conhecimentos organizados de forma a otimizar a vida das pessoas em vários aspectos e tem mais de 5 mil anos.

O objetivo primordial é harmonizar o corpo físico com a respiração e a mente, através de técnicas respiratórias (pranayamas), posturas (ásanas) e meditação estática ou em movimento. E pode ser realizado sozinho ou em grupos, dependendo da energia que se esteja procurando.

Agora, mais que nunca, vê-se um aumento relevante no interesse por yoga nos países ocidentais. Só no Brasil já somos mais de 700 mil pessoas que incluem alguma forma de yoga em suas atividades diárias. Isso é tão nítido que hoje em dia é difícil encontrar alguém que não saiba ou nunca tenha ouvido falar da prática. O yoga, agora ainda mais forte e democrático na sua forma on-line, aparece mais presente dentro da casa pessoas. A técnica, antes já presente em centros de yoga, escolas, empresas, clínicas, hospitais, universidades e academias, agora pode ser facilmente acessada e estar ainda mais presente para muitos.

E apesar desse momento de nítida expansão, vale ressaltar que o yoga é algo bem diferente de um “modismo”, como a atual situação faz parecer.

Apesar de equivocadamente muitas pessoas enxergarem o yoga como um método terapêutico para alongar, aliviar estresses e dores nas costas e , no extremo oposto, muitas outras o verem como uma prática que pode levar o ser humano a ter poderes fantásticos, o yoga é, na sua essência, uma disciplina indiana que busca religar o ser humano à sua essência. E que objetiva trabalhar o corpo e a mente de forma interligada, com exercícios que auxiliam para o controle do estresse, ansiedade, dores no corpo e na coluna, além de melhorar o equilíbrio e promover a sensação de bem-estar e a disposição, podendo ser praticada por homens, mulheres, crianças e idosos.

Para ter todos os benefícios do yoga, são necessários pelo menos três meses de prática, pois à medida que a pessoa vai praticando a atividade, consegue ter maior consciência corporal e passa a controlar melhor a mente para que ela influencie o corpo e, assim, todo o organismo trabalhe de forma harmônica e equilibrada.

Benefícios

Há um crescimento de busca por aulas on-line de yoga durante a pandemia — Foto: Acervo pessoal

Há um crescimento de busca por aulas on-line de yoga durante a pandemia — Foto: Acervo pessoal

Assim, alguns dos benefícios que o yoga pode trazer para a saúde, são:

  1. Aumentar condicionamento físico
    A prática de yoga melhora a resistência e fortalece os músculos, com maior ou menor intensidade, dependendo do estilo praticado.
  2. Minimizar a ansiedade e o estresse
    A meditação estática ou em movimento praticada no yoga leva a pessoa a se concentrar no presente, esvaziando a mente de problemas.
  3. Melhorar a qualidade do sono
    O relaxamento gerado pelo yoga facilita o sono, já que o yoga aumenta a produção da melatonina, o hormônio que regula o ciclo do sono, fazendo com que ele fique mais profundido e restaurador.
  4. Facilitar o emagrecimento
    Isso acontece porque o yoga ajuda a controlar a ansiedade e a vontade de comer, e assim diminui a quantidade de calorias ingeridas.

Viu como o yoga é abrangente ? E para praticar, o único pré-requisito é respirar.

E aí? Vamos de yoga?

Namastê!



Fonte: Eu Atleta - Por Adriana Camargo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Uma casa ambientada para você e seu pet

Leia Mais