Notícias

Construções verdes: um caminho na busca pela sustentabilidade

Compartilhe:     |  8 de março de 2015

Seguindo os padrões de sustentabilidade, os edifícios verdes estão ganhando espaço no mercado imobiliário. O planejamento de empreendimentos que levam em consideração tecnologias de eficiência energética, e conforto térmico e acústico deixam de ser modismo e passam a ser uma exigência do mercado.

A construção civil é o setor que mais demanda recursos naturais. Planejar obras que geram pouco impacto e utilizar materiais que agridem menos o meio ambiente são medidas que já viraram realidade para construtoras e incorporadoras do Espírito Santo.

A Incortel, incorporadora hoteleira da rede Best Western no Brasil, está desenvolvendo em Linhares, norte do estado, um hotel que adotou a sustentabilidade no desenvolvimento do empreendimento. “Previsto para inaugurar  no dia 01 de junho,o hotel contou com um estudo para garantia de rentabilidade do negócio, que inclui, entre outras estratégias, a economia de recursos, tanto na construção do empreendimento, quanto na operação do hotel”, disse a diretora da Incortel, Cecília Zon Rogério.

Embora os negócios sustentáveis pesem ainda no bolso dos consumidores, Cecília garante que os investidores sentirão os benefícios e o retorno será positivo. “Com a utilização de dispositivos economizadores de energia elétrica, através de sistema de aquecimento solar, a partir do segundo ou do terceiro ano de uso, a economia acumulada na conta de energia já compensou o custo inicial de implantação dos equipamentos, que têm vida útil de cerca de 20 anos”, afirmou.

Outro “empreendimento verde” é Shopping Vila Velha. As áreas comuns carregam conceitos de sustentabilidade, entre eles a reutilização da água da chuva, valorização da luz natural, torneiras com temporizadores, teto de vidro que permite a iluminação natural, escada rolante inteligente que quando não está em uso fica mais lenta.

Para o gerente de marketing do Shopping Vila Velha, Bruno Saliba, já não é mais possível separar o conceito de sustentabilidade dos novos projetos arquitetônicos. “A luminosidade, por exemplo, está cada vez mais natural o que gera economia de energia e a retenção da água da chuva tornou-se um item fundamental. Grandes volumes de água são retidos em reservatórios e podem ser reutilizados nos jardins e na limpeza, ou podem ser descartados gradativamente, para evitar a sobrecarga nas redes pluviais”, explica.

Ficha Técnica

O BEST WESTERN Linhares Design Hotel vai ser o primeiro hotel de bandeira internacional de uma das cidades que mais cresce no Espírito Santo.

·         Desenvolvedora e Incorporação: Incortel
·         1 torre hoteleira
·         12 Pavimentos
·         182 unidades / 26 por pavimento
·         2 pavimentos com garagem
·         1.872,50 m² de terreno
·         15 m² e 18 m² de área privativa
·         Fachada Contemporânea
·         Arquitetura: Alvarenga e Arquitetos Associados
·         Decoração: Marília Celin



Fonte: Folha Vitória



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Holanda se torna o primeiro país sem cães abandonados – e não precisou sacrificar nenhum

Leia Mais