Notícias

Contato com a natureza deixa crianças mais calmas, diz estudo

Compartilhe:     |  31 de janeiro de 2021

Pesquisa revela que crianças mais conectadas à natureza são menos hiperativas e apresentam menos dificuldades comportamentais e emocionais.

Nada melhor que a natureza para deixar uma criança menos hiperativa e mais comportada. A informação faz parte de um estudo publicado no jornal científico Plos One. A pesquisa revelou que crianças pré-escolares que têm mais contato com a natureza são menos hiperativas, apresentam menos dificuldades comportamentais e emocionais e, como consequência, têm um comportamento social mais adequado.

Outro dado interessante é que as crianças que assumiram uma maior responsabilidade em relação aos cuidados com a natureza tiveram menos dificuldades de relacionamento com seus colegas.

A pesquisa foi realizada com 493 famílias, com filhos entre 2 e 5 anos, que participaram por meio de questionários. Foram avaliadas quatro áreas que refletem a relação da criança com a natureza: apreciação da natureza, empatia pela natureza, responsabilidade com a natureza e consciência da natureza.

O estudo, conduzido por especialistas das Universidades de Hong Kong e Auckland (Austrália) foi tão relevante que o questionário está sendo implementado em vários países, a fim de avaliar o quanto as crianças têm ou não contato com a natureza.

Nos casos negativos, serve como um instrumento para criar programas que possam aumentar essa conexão.

Segundo a neuropediatra Dra. Andrea Weinmann, hoje há uma tendência por parte de alguns pais de evitar o contato dos filhos com a natureza por vários motivos. “Existe o medo de se sujar, de se machucar, de ter contato com algum inseto que possa atacar etc. Quando esse receio é passado para uma criança em formação, ela pode absorver esses medos e passar a evitar o contato com a grama, com insetos, sentir nojo da lama e da areia, por exemplo”.

Além desses aspectos, o estilo de vida de quem mora em grandes centros urbanos não colabora para tornar esse contato com a natureza algo corriqueiro.

“A violência urbana, os espaços reduzidos de moradia, como os apartamentos, e as poucas áreas verdes nas cidades são fatores que impactam nessa desconexão com o verde”, comenta Dra. Andrea.

A neuropediatra acredita que esse estudo confirma as conclusões de várias pesquisas anteriores, que apontaram que o contato com a natureza é excelente para reduzir o estresse e a ansiedade.

“Certamente, a melhora da hiperatividade e do comportamento está ligada a esses aspectos, evidenciados em estudos sobre o tema ao longo dos últimos anos”, reflete a especialista.

Veja a seguir algumas ideias para aumentar a conexão das crianças com a natureza:



Fonte: CicloVivo



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Alimentação natural para cães: dicas e cuidados

Leia Mais