Notícias

Copenhague está usando LEDs para criar uma cidade inteligente e livre de carbono

Compartilhe:     |  16 de dezembro de 2014

Com o propósito de se tornar uma das primeiras capitais mundiais a utilizar o modelo de “cidade inteligente”, Copenhague, capital da Dinamarca, pretende instalar uma rede sem fio de iluminação LEDinovadora. O projeto irá aumentar a segurança dos ciclistas das ruas da cidade, reduzir energia e ajudará a vida dos motoristas de caminhão.

Além de economizar energia, a troca das lâmpadas comuns por iluminação LED facilita o processo de comunicação wireless entre os pontos da cidade. No futuro, espera-se que seja possível instalar sensores que coletem dados do que ocorre na cidade com o sistema LED. A iniciativa está nas metas do projeto “carbon-neutral capital” (capital livre de carbono), prevista para ser cumprida em 2025 – tornando-se a primeira do mundo.

Segundo os autores, utilizar essa tecnologia poderá avisar os departamentos sanitários de que as latas de lixo estão cheias ou definir as rotas mais rápidas para os ciclistas. Para especialistas, “o sistema coloca Copenhagen a frente da corrida global por redes sensoriais capazes de coordenar funções e serviços; seja no tráfico, na prevenção de tempestades de neve ou comportamentos suspeitos em ruas estreitas”.

A capital dinamarquesa também está testando sistemas que enviem informações para os caminhoneiros – assim possibilitando um menor gasto de combustível. Segundo a revista Time, a iluminação com LED representa um grande potencial para as cidades: “Cidades ao redor do mundo esperam substituir 50 milhões de estruturas antigas por LEDs nos próximos três anos”. Projetos que envolvem tal tecnologia também estão acontecendo em Chicago, Barcelona, Estocolmo e São Paulo.



Fonte: Revista Galileu



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Estresse passa do dono para o cachorro

Leia Mais