Notícias

Coronavírus: Alerta Ambiental. Filme mostra como o homem causou a pandemia. Assista!

Compartilhe:     |  12 de abril de 2021

Coronavírus – Alerta Ambiental, um documentário da National Geographic faz uma análise profunda com imagens que mostram as causas que estão atreladas ao surgimento da pandemia.

Nessa análise se estabelece a relação do coronavírus com a forma como a humanidade vem tratando o meio ambiente, a natureza e os animais.

E para comprovar isso, vários especialistas, cientistas, conservacionistas e ativistas dão seus depoimentos, justificando essa relação.

Alguns desses especialistas são a antropóloga e primatóloga Jane Goodall e o ativista Paul Watson.

Aliás, já faz muito tempo que Jane Goodall vem fazendo alertas sobre os efeitos prejudiciais da ação humana sobre o ambiente e os animais.

Confira em:

Objetivo do documentário

Coronavírus: Alerta Ambiental, transmite informações extraídas das pesquisas de especialistas e ainda deflagra imagens brutais e cruéis do que o ser humano faz com os animais.

Esse documentário chama a atenção do público para que paremos de nos ater somente aos efeitos da pandemia, e olhemos de forma lúcida e sincera para os alertas que estão sendo dados, para que, efetivamente, seja possível prevenir futuras pandemias.

Conteúdo revelador

Ao longo do roteiro desse documentário são apresentadas imagens, falas e cenas que convergem na forma como a humanidade vem provocando a destruição da Natureza.

Para tal,  a produção se vale de:

Em síntese, esse documentário enfatiza como o desrespeito pelos animais e pelo meio ambiente, criaram o ambiente favorável para o surgimento, desenvolvimento e propagação do novo coronavírus.

Assista!

Este documentário mostra a dura e crua realidade que muitas pessoas ignoram: a crueldade com os animais com a finalidade de obtenção de matérias-primas para fabricação de produtos consumidos pelo ser humano.

Se você for sensível a cenas de crueldade com animais, NÃO assista esse documentário, pois a imagens dessa produção poderão abalar por demais seu emocional.

Lições que podem ser extraídas desse documentário

Podemos tirar algumas conclusões e lições do documentário Alerta Ambiental, até para individualmente pararmos de contribuir com o avanço e a piora dos efeitos desencadeados pela devastação ambiental e exploração animal provocadas pela sociedade humana.

Algumas dessas lições são:

Relação das doenças com o desrespeito à vida animal

A maioria das doenças infectocontagiosas advêm da vida selvagem por conta da captura, transporte, comércio e abate desses animais. Enfim, de tirá-los à força de seus habitats, e ir contra a natureza deles.

Além do mais, o homem faz com que ocorra maior contato da vida selvagem e silvestre com os humanos, já que devasta os habitats dos animais, tira os seus alimentos e adultera o modo de vida natural deles, forçando-os a viverem em condições antinaturais.

Alguns exemplos de doenças provocadas pela captura, exploração ou criação animal para consumo:

Destruição da biodiversidade = animais sem habitats

Além disso, a devastação do meio ambiente tem obrigado os animais selvagens e silvestres a se aproximarem dos centros urbanos, tornando-os suscetíveis à doenças devido ao contato com o lixo, sujeira e o padrão de vida humano.

Com tudo isso, os animais acabam precisando se adaptarem às condições adversas dos centros urbanos e, para sobreviverem, se valem da comida jogada no lixo, com isso se contaminando e tornando-se vetores de doenças.

As queimadas, as alterações climáticas provocados pelo aquecimento global, o surgimento de pastos em grande escala para criação intensiva de gado são fatores desencadeadores da destruição dos habitats desses animais.

Mercados de animais = proliferação de doenças

Os mercados de animais, como exemplo os asiáticos e africanos,  contribuem para o desenvolvimento e proliferação de doenças.

Isto se dá devido ao acúmulo de animais criados em cativeiro, em ambiente impróprio à natureza deles, favorecendo as condições para a disseminação de vírus e bactérias.

O consumismo humano é destrutivo

Infelizmente, por mais que uma pessoa queira evitar totalmente a exploração animal e a devastação ambiental,  não consegue 100% porque, com a tecnologia, com o avanço da ciência, o desenvolvimento da indústria e do comércio, o crescimento urbano e o aumento populacional, de alguma forma acabamos contribuindo para que isso ocorra, mesmo sem querer.

Isso ocorre porque, infelizmente, os animais são explorados de todas as formas possíveis e imaginarias:

Mas, a boa notícia é que a ciência e a tecnologia tem avançado nesse campo e vem criando alternativas ao uso, emprego e testes que utilizam animais para a produção de vários produtos.

Produção e consumo de carne

consumo da carne tem sido apontado como o grande causador da destruição da vegetação nativa, da matança de bilhões de animais e como causa de diversas doenças degenerativas e infecciosas.

A própria Organização Mundial de Saúde, da ONU, reconhece, admite isso e vem recomendando tirar, ou ao menos reduzir, a carne do cardápio alimentar.

Os hábitos alimentares da sociedade humana se tornaram muito predatórios e têm sido causa de vários problemas no mundo atual, como:

Para saber mais sobre os prejuízos desencadeados pelo consumo da carne, leia:

Alerta: o chamado para a mudança

O documentário é um alerta para a necessidade de promover uma mudança a fim de evitar novas pandemias, evitando ao máximo, ou dentro do possível e praticável, produtos e ações que promovam o sofrimento animal, a devastação das florestas e o aquecimento global.

O alerta foi dado, porque a mudança é possível!

Toda transformação parte da tomada de consciência individual e das mudanças de atitudes de cada ser humano.

Uma verdadeira revolução tem origem de ações individuais, que aliás já estão dando mostras que estão acontecendo, quando vemos cada vez mais pessoas se tornando veganas e adotando hábitos e modo de vida mais sustentáveis, minimalistas e/ou ecológicos e sendo consumidoras mais conscientes.



Fonte: Greenme - Deise Aur



Leia também:

Projetos ambientais
Aqui você é o Reporter

Espaço Animal

Dente-de-leão: uma planta benéfica também para saúde dos cães

Leia Mais